Header Ads

Seo Services

Acusado de Assédio Moral e negociatas assume cargo de confiança na Susam


A enfermeira Mercedes Gomes de Oliveira (Foto), que tomou posse na Secretaria de Estado da Saúde (Susam) no último dia 13 de janeiro e tem como madrinha a primeira-dama do Estado, Edilene Gomes de Oliveira, em sua primeira ação como titular da pasta indicou ao governador José Melo, o farmacêutico Antônio Carlos Carneiro da Silva Nossa acusado de negociar com fornecedores e de assedio moral quando dirigiu o SPA da Alvorada. Agora ele esta de volta a Secretaria de Saúde do Amazonas e dessa vez com mais poder.

Nossa como é conhecido se tornou esta semana Sub Secretario Executivo da pasta e vai cuidar diretamente da compra de remédio para a Central de Medicamento do Amazonas CEMA. Afastado sob a acusação de negociar com fornecedores valores para indicar compra de material, o novo sub - secretario é presidente da Cooperativa dos Profissionais Farmaceuticos e Bioquimicos do Estado do Amazonas -Coopfarbio-Am, o que já lhe impediria de exercer o cargo no executivo.

Antônio Nossa foi acusado de cometer várias ações ilícitas que abrangem as condutas de Improbidade Administrativa, Abuso de Autoridade, Assédio Moral, orientações irregulares no controle e racionamento na quantidade diária de medicamentos, materiais a serem utilizados durante os atendimentos e administração de medicamentos em dose insuficiente nos pacientes do SPA.

Conforme as denúncias e provas apresentadas e inúmeras denúncias protocoladas na Ouvidoria do Estado, Ministério Público do Estado, Ministério Público Federal, Comissão de Humanos, Comissão da Mulher, das Famílias e do Idoso e diversos Boletins de Ocorrências Policiais, ele assume a sub secretaria executiva das Susam.
A frente do SPA foi acusado ainda de tratar com indelicadeza gestores durante sua administração. De acordo com uma técnica de enfermagem, que pediu para não ser identificada, ele tratava todos com arrogância e desprezo “Ele não falava com técnicos de enfermagem, sempre se dirigia a médico ou enfermeiros, dizia que técnico era peão”, acusou.

Segundo um especialista em gerenciamento de saúde Antônio Carlos Carneiro Nossa é também bioquímico e poderia esta sendo aproveitado nessa área, pois é um setor com deficiência na Saúde do Amazonas, porém esta responsável por compras e vai com certeza constranger servidores.
Tecnologia do Blogger.