Header Ads

Fred Mota sugere criação de aplicativo de celular como Guia da Saúde Pública Municipal


Buscando melhorias para o cidadão, na área da saúde, o terceiro vice-presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Fred Mota (PR), usou a tribuna da casa, na manhã desta terça-feira, 28, para destacar, que protocolou uma indicação a Prefeitura de Manaus (PMM), para a criação de um programa (aplicativo) para celular, chamado “Guia da saúde Pública Municipal”.

Em pronunciamento, Fred Mota explicou que o aplicativo servirá para o cidadão, realizar a marcação de consultas e outros agendamentos.

“Essa proposta é para que o poder executivo, viabilize, por meio de secretaria competente, a criação de um aplicativo, onde o cidadão terá na palma de sua mão a possibilidade de consultar os serviços, que a prefeitura disponibiliza para a saúde pública municipal, e, ainda disponibilizar a possibilidade de efetuar a marcação de consultas, ou agendar atendimentos através deste aplicativo. Proponho isso, para facilitar o atendimento ao cidadão que precisa constantemente de uma melhor atenção na área de saúde”, enfatizou.

Da tribuna, o parlamentar assinalou alguns aspectos constitucionais essenciais, em nossa democracia, que podem ser respeitados de forma correta.

“Partimos do princípio de que o cidadão tem, acima de tudo, direito a informação. A criação deste aplicativo da área de saúde é essencial, para um atendimento mais rápido e eficiente, que o paciente saiba para onde se dirigir e o tempo que precisará aguardar. Através deste conhecimento, também será possível, qualquer cidadão, aferir a qualidade dos serviços públicos prestados”, destacou.

Novas tecnologias para melhor atender ao cidadão
Além de reafirmar seu compromisso com a saúde da população, Fred Mota mostrou-se atento em utilizar as novas tecnologias, que estão em constante desenvolvimento.

“As pessoas se utilizam da internet e das redes sociais de diversas formas e para objetivos variados, atualmente. É crescente o surgimento de aplicativos para gerenciamento de diversas situações cotidianas e coletivas, e toda iniciativa que vem para facilitar a vida da população de Manaus, deve ser incentivada”, finalizou.

A Loman e a promoção à saúde
O inciso III do artigo 316 da Lei orgânica de Manaus, propõe que deverá haver o acesso Universal e igualitário de todos os habitantes do Município às ações e serviços de promoção, proteção e recuperação da saúde, sem qualquer discriminação.

Cumpre a Administração pública com a participação e colaboração da comunidade local estimular e promover a saúde básica no Município.
Tecnologia do Blogger.