Header Ads

Seo Services

Recebidos com euforia, Flamengo e Brasília desembarcam em Manaus e prometem show em quadra pelo Novo Basquete Brasil


Os gigantes do Novo Basquete Brasil (NBB), Flamengo e Brasília, desembarcaram em Manaus na tarde desta quinta-feira (30) e ambos os times estão na expectativa para duelar no sábado (1º), a partir das 13h, na Arena Amadeu Teixeira. A equipe carioca, inclusive, já contou com o carinho da torcida desde que desceu no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. Os Rubro-Negros foram recebidos com muitos gritos, bem como cânticos da Nação, pedidos de fotos e autógrafos. O jogo recebe apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Um dos mais assediados na chegada foi o ala Marcelinho. Aos 41 anos, ele coleciona 16 anos de Seleção e já disputou quatro Copas do Mundo (2002, 2006, 2010 e 2014), além de uma Olimpíada (2012). O jogador ainda é o segundo maior cestinha da história do NBB CAIXA (5337 pontos) e o líder histórico em bolas de três pontos (900 bolas de 3). Devolvendo a boa receptividade, ele elogiou a torcida.

"É Sempre bom ser recebido dessa forma. Jogar no Flamengo é isso, é andar pelo Brasil e ter esse calor, essa recepção, se sentir abraçado em qualquer lugar”, disse Marcelinho, exaltando a qualidade do clássico em quadra. “É um jogo que por mais que a gente já tenha a posição na tabela é um clássico. O jogo vale muito para o Brasília e estamos jogando com o nosso mando. Nossa torcida é forte e vamos fazer de tudo para vencer. É um adversário muito tradicional e é um possível time que vamos encontrar nas semifinais ou na final”, comentou.

Após vencer o Minas Tênis Clube na última quarta-feira (29), pelo placar de 108 a 74, no Ginásio Tijuca Tênis Clube, o Flamengo chega a Manaus como líder absoluto. Com a vitória, o rubro-negro carioca chegou a 21 resultados positivos contra seis negativos na temporada, confirmou a liderança na fase de classificação e terá o mando de quadra em todas as séries dos play-offs. Mesmo com uma realidade tão positiva, o ala Marquinhos afirma que o jogo contra a equipe brasiliense será encarada com muita responsabilidade e que o time não vai dar brecha ao adversário.

“A gente fica muito feliz de vir para Manaus, pois somos sempre bem recebidos e espero que seja um grande clássico, embora a gente esteja com o primeiro lugar garantido, o Brasília foi uma equipe que derrotou a gente no primeiro turno e estamos motivados para reverter este fato. Somos os dois únicos times que tem o título e será um grande jogo”, destacou o ala.

Se de um lado o Flamengo joga com a situação confortável de ocupar a ponta da tabela, o Brasília por sua vez vai ter que dar o seu melhor para continuar ‘vivo’ no G4. Desta forma, o time candango decidirá seu futuro no sábado e deverá usar seus melhores ‘guerreiros’ nesta missão. Atualmente, a equipe soma 45 pontos, e tem duas baixas para o próximo duelo: o pivô Daniel Alemão e o ala João.

“Estamos sem o Alemão, que sofreu lesão e não vem mais para a temporada, e o João, que vai fazer exames e iremos verificar o estado dele. Mas a equipe está focada, sabe da importância de jogar contra o Flamengo e vamos vir fortes para jogar com eles e atrás da nossa classificação. Nosso grupo é experiente, não ficamos assustados em saber que o Flamengo já jogou em Manaus e o foco agora é continuar no G4. Vamos atrás disso”, destacou os comandados de Bruno Savignani.
Tecnologia do Blogger.