Header Ads

Seo Services

Ação conjunta resulta na prisão de feirante procurado por estupro de vulnerável


A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe da 52ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em São Paulo de Olivença (a 985 quilômetros em linha reta de Manaus), sob o comando do delegado titular da unidade policial, José Afonso Barradas, cumpriu na última quinta-feira, dia 6, por volta das 11h, em Benjamin Constant, com o apoio de policiais lotados na 51ª DIP de Benjamin Constant, mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável em nome do feirante Gerardo Arturo Gomez Lopez, 18.
 
De acordo com a autoridade policial, o crime aconteceu no dia 12 de dezembro de 2016, em São Paulo de Olivença. Conforme José Afonso Barradas, o infrator foi interceptado durante ação envolvendo policiais civis e militares que atuam na 52ª DIP de São Paulo de Olivença e 51ª DIP de Benjamin Constant. O fato ocorreu em cumprimento de mandado de prisão em aberto, por estupro, em nome do jovem, expedida no dia 23 de março deste ano, pelo juiz Rosselberto Himenes, da 7ª Vara Cível da Comarca de São Paulo de Olivença.
 
“No dia do crime a vítima, uma menina de 10 anos, foi comprar um biscoito em um estabelecimento comercial que pertence ao infrator, no bairro Novo, em São Paulo de Olivença.  Na época, a mãe da criança estranhou a demora da filha e foi até o comercio, onde encontrou a menina sendo violentada pelo jovem. A mulher relatou que Gerardo estava com as mãos na boca da garota para evitar que alguém ouvisse os gritos dela”, explicou o delegado.
 
O titular da 52ª DIP ressaltou, ainda, que após cometer o crime o infrator teria fugido para o município de Benjamin Constant, onde foi localizado. A vítima foi submetida a exame de conjunção carnal, que confirmou o estupro. Ao término dos procedimentos cabíveis, o jovem irá permanecer na carceragem da unidade policial, à disposição da Justiça.

Tecnologia do Blogger.