Header Ads

Aleam vai coletar óleo de cozinha usado e doar para reciclagem

 A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) vai adotar uma prática inédita na defesa ambiental e na conscientização dos servidores, a partir da próxima segunda-feira (24): a coleta de óleo de cozinha usado, para doação às associações de recicladores.
 
Essa iniciativa faz parte do programa “Recicla Aleam”, de iniciativa do presidente David Almeida (PSD) e coordenado pela Diretoria de Modernização e Planejamento que, na segunda-feira (24), lança a etapa “Recóleo”, no hall de entrada a Aleam, partir das 10h, fixando um stand de coleta do óleo usado.
 
Segundo a diretora de Modernização e Planejamento, Socorro Siqueira, esta fase visa conscientizar os servidores da Casa sobre a importância do descarte adequado do óleo e gordura de origem animal ou vegetal de uso culinário. “Um litro de óleo pode contaminar até 25 mil litros de água”, declarou Socorro, chamando atenção para a importância do descarte correto desse material.
 
De 24 de abril a 26 de maio, um tambor apropriado para a coleta do óleo de cozinha será instalado no hall de entrada da Aleam. Os servidores e o público externo podem levar o produto em garrafas plásticas, tipo PET, de qualquer tamanho.
 
A diretora de Modernização explica que o óleo coletado será destinado ao Grupo de Catadores do Japiim, entidade parceira da Aleam, que trabalham reciclando as gorduras e transformando-as em sabão em barra e detergentes. O óleo de cozinha pode ser transformado ainda em biodiesel, velas, ração para animais e tintas.
 
De acordo com dados da Associação Brasileira das Indústrias de Óleo (Abiove), o Brasil produz mais de três bilhões de litros de óleos vegetais por ano, cada família consome, em média, quatro litros por mês e descarta um litro. Em Manaus, a geração de óleo usado gira em torno de 500 mil litros descartados todos os meses.
Tecnologia do Blogger.