Ídolo da Jovem Guarda, cantor Jerry Adriani morre no Rio de Janeiro


 Ídolo da Jovem Guarda, o cantor Jerry Adriani morreu neste domingo (23/4), aos 70 anos, no Rio de Janeiro. Eles enfrentava uma batalha contra um câncer e estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca. A família do músico ainda não informou a data ou o horário do enterro. 
 
O câncer foi descoberto após uma série de exames que começou no início do mês passado, quando Adriani foi internado pela primeira vez. No último 3 de março, o cantor deu entrada no hospital por conta de uma trombose venosa profunda na perna direita. Duas semanas após receber alta, o músico voltou a ser internado devido a complicações. 
 
Para tentar tranquilizar os fãs, Adriani postou um vídeo em sua página do Facebook gravado em seu quarto no hospital. "Para que não se criem falsas verdades, a gente está dizendo que está tudo sob controle e logo estamos fora daqui para cantar de novo para vocês. Não vai demorar, se Deus quiser", disse.
 
Comoção nas redes sociais 
 
A morte do cantor é um dos assuntos mais comentados no Twitter Brasil. Fãs de todo o país postaram homenagens e declarações sobre o músico, estrela da Jovem Guarda ao lado do rei Roberto Carlos.  

Comprtilhe no Google Plus

da Redação - Manaus/AM