Header Ads

Rio Negro e Adalberto Valle são os primeiros classificados para a final da Taça Laércio Miranda

Foto: Anderson Silva/Sejel e Mauro Neto/Sejel
 A temporada de competições do Handebol no Amazonas está em alta. Na disputa da primeira semifinal da Taça Laércio Miranda, nos naipes masculino e feminino, Rio Negro e Zezão HC avançaram para as finais ao passarem por Parque 10 e a Nilton Lins, respectivamente. As partidas foram realizadas na noite da última quinta-feira (27), no ginásio Renné Monteiro. Na noite desta sexta-feira (28), a Vila Olímpica recebe as duas últimas semifinais, a partir das 19h30. Enquanto isso, a Seleção Master da modalidade embarca para o interior do Estado para divulgar o esporte, neste sábado (29). O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), apoia a modalidade. 

Galo avassalador

No feminino, as meninas do Rio Negro seguem avassaladoras. Invictas e com 100% de aproveitamento, a equipe do Centro da Cidade atropelou o Parque 10 por 40 a 16 e passou para a final. A vitória incontestável contou com o apoio da torcida rionegrina que foi ao ginásio Renné Monteiro apoiar a equipe.

“Esse trabalho vem desde o ano passado. Estava sendo devagar e agora temos uma equipe forte, experiente e os resultados estão aparecendo. Agora vamos esperar o adversário e estamos trabalhando forte, até a Sabrina que está machucada jogou um pouco e até a final ela vai estar 100%”, disse o treinador do Galo, Jefferson Oliveira, que espera o vencedor de Adalberto Vale x Liga Santa Etelvina.
Lá e cá

Pelo masculino, o Zezão HC sofreu para vencer o time da Nilton Lins. O placar apertado de 36 a 34 mostrou a força do time do bairro São José que venceu suado e agora vai para a final de forma invicta.
“Estamos fazendo uma campanha boa. Ganhamos todos os jogos até agora e isso é o resultado de um trabalho sério. Para esse jogo contra o Nilton Lins precisamos ajeitar a nossa defesa e o nosso ataque para fazer com o que o jogo ficasse imprevisível para o adversário”, explicou o treinador do Zezão, João Granjeiro.

Semifinal nesta sexta-feira

Na noite desta sexta-feira (28), a quadra da Vila Olímpica recebe as duas últimas semifinais. Às 19h30, o favorito Adalberto Valle enfrenta a Liga de Santa Etelvina. O vencedor enfrenta o Rio Negro na final do feminino. Às 21h, a decisão da vaga para a final do masculino será entre Rio Negro x Adalberto Valle.

A fina da competição está marcada para a próxima quinta-feira, 4 de maio, no ginásio Renné Monteiro. A decisão do feminino ocorre às 19h e o masculino às 20h30.

Seleção Master

Os amantes do handebol máster estão com viagem marcada para a manhã deste sábado (29) rumo a Parintins. Os veteranos vão disputar uma partida contra a Seleção Parintinense para divulgar a modalidade que está em expansão no Brasil.

“Será a nossa segunda vez em Parintins. Ano passado fomos para divulgar o esporte que possui regras diferentes. São oito jogadores na linha, com quatro defensores e quatro atacantes. A defesa não pode ir para o ataque e o ataque não pode voltar para a defesa. No handebol convencional são seis atletas na linha e uma goleira e as seis atletas podem usar a quadra inteira”, explicou a bicampeã Brasileira de 76 e 78, Necy Suwa, 57, que atua como técnica e jogadora da seleção.


Tecnologia do Blogger.