Header Ads

Seap encontra túnel no regime fechado do Compaj


Durante uma revista preventiva após o procedimento de tranca no regime fechado do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), encontrou no final da tarde do último domingo (2), um túnel com aproximadamente 15 metros de extensão na cela 9, da ala 2 do pavilhão 1.

Segundo o secretário de Estado de Administração Penitenciária, tenente-coronel da Polícia Militar, Cleitman Coelho, a suspeita da existência de um possível túnel foi recebida através de um informe do serviço de inteligência. “Foi realizada uma vistoria nas alas do pavilhão 1, pois as informações nos indicavam apenas o pavilhão do túnel. Com o empenho das equipes da Seap, a escavação foi encontrada na última cela da ala 2”.

De acordo com o secretário, o túnel seria usado para uma fuga ainda nessa semana. “Com a ação rápida, evitamos que o sistema prisional registrasse uma fuga, que ao que tudo indicava, seria em massa. Continuaremos com os trabalhos de retirada de objetos ilícitos e de identificação de rotas de fuga”, disse Cleitman Coelho.

A ação contou com o apoio da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) da Polícia Militar do Amazonas (PMAM). O regime fechado do Compaj abriga detentos condenados do sistema prisional da capital. Atualmente o número de internos da unidade é de 1.009. No pavilhão 1 onde o túnel foi encontrado residem 327 internos, sendo 163 desses detentos distribuídos nas celas da ala 2.

O secretário Cleitman Coelho ressalta que os 12 internos que estavam na cela onde o túnel foi encontrado foram transferidos para o isolamento e irão passar por um procedimento disciplinar administrativo. A cela foi interditada e o túnel será vedado.  

Tecnologia do Blogger.