Header Ads

David Almeida vai expandir o projeto de esporte e lazer para outras zonas da cidade

Fotos: Valdo Leão/Secom
 No dia em que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que o Amazonas é a unidade da federação com maior índice de moradores que praticam algum esporte, 32,2%, a capital ganhou mais uma ação para reforçar e aumentar este índice. Trata-se do ‘Projeto de Esporte, Saúde e Lazer’, lançado pelo governador David Almeida, nesta quarta-feira (17), no Centro Cultural Povos da Amazônia. O projeto, que reúne atividades físicas, recreativas, e de lazer gratuitas à população, deve chegar em outros bairros da capital com o intuito de estimular a comunidade a praticar atividades físicas regulares e a ter hábitos saudáveis.

A ação é uma realização do Governo do Amazonas com o apoio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e Secretaria de Estado de Cultura (Sec) e vai funcionar todas as segundas, quartas e sextas-feiras, sempre das 18h às 21h, no Centro Cultural dos Povos da Amazônia. 

"Primeiro implantamos na zona sul, mas vamos pra zona leste, norte e nas demais áreas de nossa cidade. Temos estrutura para realizar essas ações e queremos, com isso, movimentar a população pra ter mais qualidade de vida e hábitos saudáveis", destacou o governador. 

O secretário da Sejel, Fabrico Lima, destacou que as atividades vão contar com o suporte dos colaboradores da secretaria.  “Sabemos que este projeto será de formiguinha, mas que, ao se tornar tradicional, vai beneficiar milhares de crianças, jovens, adultos e terceira idade, pois este é nosso público, a população como um todo. No Centro Cultural, estarão profissionais habilitados e que vão poder auxiliar”, destacou Lima.

Espaço Kids e Cultural – Além das atividades esportivas, o projeto vai atender as necessidades culturais, de lazer e de educação da população, oferecendo atividades para todas as idades. Na área Kids é possível encontrar Tênis de Mesa, Pebolim, Basquete, Pintura, e outras atividades lúdicas e recreativas. Para aquelas pessoas que ainda desejarem enriquecer culturalmente, o Centro Cultural Povos da Amazônia estará oferecendo um roteiro turístico gratuito, que apresentará ao visitante uma diversidade de referências e manifestações do patrimônio natural, artístico e cultural amazônico continental, atendendo a todas as vertentes sociais e faixas etárias.
Prestígio - A população aprovou a iniciativa. Andrea Pinheiro, 40, moradora do Distrito Industrial, é fã de esportes e afirmou que não pretende perder nenhum dia do projeto no Centro Cultural Povos da Amazônia. A analista financeira veio acompanhada da filha, Luna Carolina, 8, que aproveitou para fazer sua estreia no tatame.

"Achei muito boa esta iniciativa, espetacular, principalmente para as crianças e jovens que precisam disso aqui e, assim, ficam afastadas do mau caminho. Eu, com certeza, estarei aqui sempre e ainda vou trazer minha família e amigos", disse ela, que curtiu a aula de ritmos com o professor Hudson Praia.

Luna Santos, que nunca havia praticado Jiu-Jítsu, agora já pensa até nas próximas aulas com o mestre Diego Vieira. "Gostei muito e não achei muito difícil. Quero voltar outra vez e amanhã vou contar na minha escola que fiz Jiu-Jítsu", comentou a estudante do Colégio da Polícia Militar.
 
 
 
 
 
Tecnologia do Blogger.