PUBLICIDADE

terça-feira, 23 de maio de 2017

Prefeito Arthur Neto media acordo entre Sinetram e Rodoviários

Foto: Marcio James/Semcom
 Representantes do setor de transporte público firmaram um acordo na noite desta segunda-feira, sob intermediação do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, para suspender qualquer paralisação das atividades até o dia 9 de junho, quando voltarão a se reunir, após uma profunda análise da planilha de custos, para decidir sobre reajustes da categoria ou um recurso compartilhado à Justiça do Trabalho sobre as reivindicações da categoria. Os rodoviários pediam o cumprimento da data-base, neste mês de maio, mas aceitaram voltar a conversar no dia 9 de junho. Esta foi a segunda reunião mediada pelo prefeito com os representantes patronal e dos trabalhadores para evitar greves no sistema. 

A reunião aconteceu no Palácio Rio Branco e contou com a participação do vice-prefeito e secretário de infraestrutura, Marcos Rotta, do novo Superintendente de Transportes Urbanos, Marcel Alexandre, do presidente da Comissão de Transportes Urbanos, vereador Rosivaldo Cordovil e o líder da Câmara Municipal, Joelson Silva (PSC), do representante do Sinetram, Fernando Moraes e do Sindicato dos Rodoviários, Givancir Oliveira. 

"A conversa entre os rodoviários e os empresários foi muito boa, percebi boa vontade de ambas as partes e bom senso. Ficou afastada essa ideia de greve e acertado que as conversas continuarão no próximo dia nove. E eu tenho dito que investir no diálogo, porque é daí que surgem as possibilidades de acordo", disse o prefeito.

De acordo o Superintendente Municipal de Transportes Urbanos, Marcel Alexandre, é muito importante as duas partes se entenderem nesse novo acordo, pois a população necessita desse serviço com qualidade. "A compreensão de ambas as partes de continuar o serviço para a população e o entendimento que o trabalhador necessita do seu salário, é excelente. Vamos fazer ainda uma avaliação para chegarmos num termo justo, e em cima disso, na próxima rodada de negociação, nós vamos chegar a um acordo onde tudo será resolvido sem a necessidade da greve", afirmou.

O diretor jurídico do Sinetram, Fernando Moraes, destacou que as melhorias propostas na reunião beneficiam a todos, principalmente a população. "O trabalho é manter o serviço que já está aí e melhorá-lo, além disso, implantar as medidas que estão sendo planejadas pela SMTU, na renovação parcial da frota e na utilização do cartão eletrônico em todas as zonas da cidade, isso evita inclusive a questão dos roubos e melhora a qualidade do transporte público para a população", disse.

Gilvancir Oliveira, presidente dos Sindicato dos Rodoviários, destacou que para a categoria é um porto seguro ter o prefeito atento às necessidades dos trabalhadores. "Tendo o prefeito como mediador na próxima reunião, dá uma segurança a mais para o sindicato que vê que o prefeito não virou as costas para a categoria e sem dúvida também não vai virar as costas para os trabalhadores".