Traficante que também era acusado de homicídio é encontrado crivado de balas


  “Dentinho”, 32, acusado de pertencer a uma facção criminosa ligada ao tráfico de drogas, foi encontrado morto nesta terça-feira à noite, , com marcas de tortura e crivado de balas em um dos ramais da Estrada do município de Iranduba, distante 27 km de Manaus em linha reta.
As mãos do homem assassinado estavam amarradas para trás, segundo informações prestadas pelos policiais militares e civis que estiveram no local do encontro do cadáver.
“Dentinho” era acusado de ser o mandante e de também ter participado diretamente do assassinato do traficante conhecido como “Keven”, há cerca de dois meses numa rua de Iranduba, durante uma emboscada armada para ele.
Integrantes de facções rivais ligadas ao tráfico de drogas e envolvidas em assassinatos no município de Iranduba, “Dentinho” e “Kevin” viviam fazendo intensas ameaças um ao outro. Por isso “Dentinho” estava marcado para morrer, mas continuava no município comandando bocas de fumo e implantando terror na cidade.
O cadáver do acusado de tráfico foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) e  uma equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros. Foram levantadas do as primeiras informações do crime que tudo indica, tratou-se de mais uma vingança sangrenta com característica de acerto de contas entre traficantes de droga que atuam no Iranduba.



Comprtilhe no Google Plus

da Redação - Manaus/AM