Header Ads

Traficantes incendeiam casas em represália a moradores que teriam denunciado local do corpo


 A invasão Buritizal Verde, situado na zona Norte de Manaus, local onde foi encontrado o corpo do policial militar Paulo Sérgio Portilho, 34, assassinado e enterrado em pé, foi destruída por um incêndio criminoso de grandes proporções, logo no início da noite desta terça-feira (30).
Segundo moradores, o incêndio foi provocado por traficantes, em represália aos moradores por terem informado à polícia onde estava o corpo do policial militar e começou logo após os policiais civis e militares deixarem a invasão.



Tecnologia do Blogger.