Header Ads

Deputado federal Rocha Loures passa mal em prisão da Polícia Federal

 O deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) tem passado mal na prisão da Polícia Federal. De acordo com a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, a cela é a mesma por onde passou o ex-senador Delcídio do Amaral, que chegou a ter uma crise de claustrofobia.
 
Nas últimas duas semanas, o peemedebista vive no local sem janela, com pouca ventilação, sem banheiro ou chuveiro.
 
À colunista, o advogado de Loures, Cezar Bitencourt, diz que o parlamentar "morre, mas não delata". Ele afirma que o cliente foi sempre muito bem tratado pela Polícia Federal, mas que a carceragem do órgão não está aparelhada para a permanência de um detento. "É um local de passagem de presos, que deveriam ficar lá no máximo dois dias", afirma.
 
O parlamentar, que foi flagrado recebendo uma mala de R$ 500 mil de propina da JBS, não teve direito a banho de sol. Ainda segundo seu advogado, no fim de semana, ele não pôde receber a visita de familiares e teve livros recolhidos. "Depois de lá teremos que levá-lo a um hospital", disse o defensor.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.