PUBLICIDADE

segunda-feira, 12 de junho de 2017

PSDB adia mais uma vez decisão sobre desembarque do governo

 Principal base de sustenção do presidente Michel Temer no Congresso, o PSDB deve adiar mais uma vez a decisão de desembarque ou não do governo peemedebista. Apesar da reunião que pretendem realizar na tarde desta segunda (12), não deve sair uma decisão final. "A ideia é não tomar uma decisão amanhã. Será mais ouvir os diversos segmentos. É muito curto o tempo entre a decisão do TSE e a reunião", disse o secretário-geral do PSDB, deputado federal Silvio Torres.
 
Nos bastidores, tucanos argumentam que, após o TSE, é preciso agora esperar a denúncia contra Temer que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve enviar até o fim de junho. "Temos que nos preocupar também com os 14 milhões de desempregados no Brasil e, sobre esse aspecto, é que o PSDB deve decidir", afirmou o líder do PSDB na Câmara, Ricardo Tripoli.
 
Os grupos de Alckmin e de Aécio Neves atuam para evitar o desembarque. Acreditam que, se isso ocorrer, o PMDB vai trabalhar para que o senador mineiro seja cassado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário