Header Ads

Atleta amazonense, Luisa de Marillac conquista 15 medalhas de ouro


A atleta amazonense de natação, Luisa de Marillac, de 17 anos, só tem motivos para comemorar neste primeiro semestre do ano. Ela, que é considerada uma das grandes promessas da natação brasileira, conquistou 15 medalhas de ouro, cinco de prata e uma de bronze, além de estabelecer o recorde dos 100m borboleta, na Copa Amazonas, com o tempo de 1'07''50. Ela também tornou-se a primeira amazonense da história a nadar a prova de 50 metros borboleta, no Torneio de Velocidade abaixo de 30 segundos, com tempo de 29,89.

Para Luisa, o primeiro semestre do ano foi de muitas vitórias, mas ainda há muito mais a ser conquistado. “Estou em uma fase ótima da carreira, mas ainda quero chegar mais longe”, declarou. A atleta, que se divide entre os treinamentos para as competições e o curso de Enfermagem, que faz na Faculdade Estácio, foi convocada pela quarta vez para a seleção brasileira de natação e vai participar no próximo mês da Copa do Pacífico, em Sucre, na Bolívia.

Luisa faz parte do Time Estácio, grupo formado hoje por 300 atletas que são patrocinados pela instituição. A rotina, segundo a atleta, é bastante intensa, mas com o apoio da família e dos treinadores ela espera conquistar todos os objetivos. “Estou no quinto período da faculdade e, apesar de ter bastantes atividades, tenho conseguido cumprir todos os compromissos”, acrescentou Luisa, que tem como meta para os próximos anos continuar estudando e se preparando para conseguir uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

Conquistas do primeiro semestre

Copa Amazonas (Absoluto) - Ouro nos 100 metros borboleta, 100 metros livre, prata nos 50 metros livre e 200 metros costas, mais recorde dos 100 metros borboleta, com o tempo de 1'07"50.
Jogos Universitários do Amazonas (JUA'S) - Ouro nas provas de 100 metros borboleta, 50 metros livre e 50 metros borboleta.
Torneio Norte- Nordeste - Ouro nos 50 metros livre, 50 metros borboleta, 50 metros costas e 100 metros borboleta, prata nos 100 metros costas, bronze nos 100 metros livre, prata no revezamento 4x50 livre e 4x50 medley mais Troféu de atleta eficiência da competição.
Copa Norte – Ouro 50 metros livre, 50 metros borboleta, 50 metros costas, 100 metros livres, 100 metros costas e 100 metros borboleta.

Sobre o programa Estácio no Esporte
O programa Estácio no Esporte existe desde 2013 e é um dos pilares do Programa de Responsabilidade Social Corporativa da instituição, ao lado de Cultura, Cidadania e Escola. São mais de 300 atletas patrocinados e apoiados por meio de bolsas de estudo, envolvimento na promoção de alguns dos principais eventos esportivos do Brasil, bem como parceria com diversas ONGs e instituições esportivas. A Estácio também é signatária do Pacto pelo Esporte. Gustavo Kuerten é o embaixador do programa Estácio no Esporte, que conta com atletas como Rafaela Silva (Judô), Laís Souza (ginástica), Chloé Calmon (surfe), Daniele Hypólito (ginástica) entre outros. Presente nos Jogos Rio 2016, a Estácio foi a primeira instituição de ensino apoiadora olímpica e, por meio de sua área de soluçõe s corporativas, foi a provedora dos serviços de seleção e capacitação dos 140 mil voluntários e 6000 colaboradores dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016.

Sobre a Estácio
A Estácio, uma das maiores e mais respeitadas organizações educacionais do Brasil, atua há 47 anos no segmento de ensino superior. Fundada no Rio de Janeiro, está presente em 23 estados e no Distrito Federal, por meio do ensino presencial, e em todo o Brasil com o EAD, contando com mais de 500 mil alunos matriculados e uma estrutura de cinco mil colaboradores e dez mil professores.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.