Header Ads

Centro de Ginástica Bianca Maia Mendonça oferece curso de arbitragem


Com o intuito de aperfeiçoar o nível da arbitragem e mostrar as novas regras do ciclo Olímpico, o Centro de Ginástica do Amazonas Bianca Maia Mendonça oferece, entre terça-feira (18) até sábado (22), o Curso de Arbitragem em Ginástica Rítmica Ciclo 2017-2020, a partir das 18h30 até 21h30, nas dependências da Vila Olímpica, que fica localizada na Avenida Pedro Teixeira, no bairro Dom Pedro. A ação recebe apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel). Para o evento, as inscrições estão abertas.
 
O curso será ministrado por Alessandra Balbi e Ana Larissa Lima, árbitras nacionais do esporte vinculadas à Confederação Brasileira de Ginástica (CBG). No curso, serão abordados temas como  salto, execução, posições, entre outros. Alessandra, que também é presidente da Federação Amazonense de Ginástica (FAG), explica que as regras da modalidade mudam a cada ciclo olímpico e que as profissionais da área necessitam assimilar as alterações para tambem disputar eventos locais, nacionais e internacionais.
 
“A partir deste ano, teremos que nos adaptar aos novos códigos de pontuação para árbitros, atletas e técnicos. Então esse curso pretende mostrar quais serão essas mudanças, o que muda nos treinamentos dos atletas e melhorar a arbitragem, porque só assim podemos elevar as nossas competições. Tudo isso vai impactar nas competições, treinamentos e é muito importante que os técnicos estejam atentos as mudanças”, afirma Balbi.
 
A titular ainda explica que as novas regras de pontuação irão ajudar os ginastas durante sua apresentação. Por exemplo, não será mais obrigatório o atleta entregar a ficha com suas séries aos árbitros, ficando livre a execução dos seus movimentos.
 
“Antes os atletas não podiam esquecer a lista dos seus movimentos que eram entregues aos árbitros, pois isso era obrigatório. Agora, com esse novo código, os jurados ficarão livres para avaliar a ginasta com a sequência de movimentos que ele quiser executar”, explica Balbi.
 
Serão cinco dias de curso com explicações gerais, específicas e uma prova, que testará se todos os conhecimentos foram compreendidos. Para participar, as inscrições podem ser feitas na Vila Olímpica, das 8h às 17h, e no local do evento até o início do curso. Para técnicos e árbitros o valor da inscrição é de R$ 100, acadêmicos R$ 50 e ginastas R$ 25.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.