Header Ads

Falsos vendedores de salgados roubam R$ 437 mil de empresário na porta do banco


 Disfarçados de vendedores de salgados, dois homens roubaram R$ 437 mil em um roubo que também é conhecido como “saidinha de banco”, nesta segunda-feira, 31, quase no final da manhã, de um empresário do ramo de confecções.

O Bradesco na Avenida Djalma Batista, como em todo começo de semana, estava bastante movimentada, quando o empresário foi rendido com armas de fogo na cabeça. O empresário entregou a mochila com quase meio milhão de reais e numa motocicleta a dupla assaltante deixou o local logo em seguida.

A agência onde o empresário iria fazer o depósito fica nas dependências da Casa Center e ao que tudo indica, os dois homens tiveram informações privilegiadas, porque chegaram cedo, com um isopor e uma bacia cheios de salgados e ficaram vendendo tudo até a vítima aparecer no local.

Os dois assaltantes só tiraram o disfarce e mostraram o real motivo de estar no local quando avistaram o empresário e fizeram o assalto, que pela maneira como foi planejado e executado, pode ser chamado de “crime cinematográfico”no entendimento dos policiais.

Após o crime chegar ao conhecimento do Centro de Comando e Controle da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), várias equipes da Polícia Militar foram acionadas e fizeram uma varredura em toda a área do assalto, mas nos bandidos não foram encontrados e presos.

Uma equipe da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações foi designada pelo delegado titular, Adriano Félix para investigar o crime. O nome do empresário em sigilo, como medida de segurança. O empresário disse que o dinheiro correspondia ao faturamento de suas empresas no último final de semana na matriz e filiais de suas lojas na cidade.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.