Traficante apelidado de 'Palhaço' morre em tiroteio no bairro Jorge Teixeira

Uma troca de tiros entre membros de duas facções criminosas, resultou na morte do traficante conhecido como “Palhaço”, durante a madrugada desta terça-feira, na Rua 7 do bairro do Jorge Teixeira, quarta etapa, Zona Leste de Manaus.
 
De acordo com testemunhas eram pelo menos dez homens, ocupando três carros, que entraram em confronto, logo depois de se cruzarem no local e foi informado ainda pelas testemunhas, que todos já desceram dos veículos, armados e atirando uns contra os outros por mais de dez minutos.
 
Depois do tiroteio, os dois grupos criminosos se dispersaram e um homem, identificado depois como sendo o traficante, muito conhecido até pela polícia, como “Palhaço” ficou no chão, morto e crivado de balas de revólver calibres 38, pistolas 380.
 
De acordo com policiais que atuam na área, existe uma rivalidade enorme entre os donos de bocas de fumo naquele bairro e que o traficante assassinado, sempre foi apontado como suspeito de liderar uma das facções ligadas a venda de drogas, assassinatos e responsável também por assaltos a mão armada.
 
O traficante morto fazia jus ao apelido recebido no mundo do crime em que viveu, porque mandou tatuar um enorme rosto de “Palhaço” que ocupava quase toda a sua costa, além de ser considerado frio, calculista e sempre se intitulava como matador de policiais e desafetos no crime de tráfico de drogas no Jorge Teixeira.
 
Policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investigam a morte do traficante e confirmaram que familiares de “Palhaço” compareceram na sede do Instituto Médico Legal (IML), para liberar o corpo mas não quiseram falar nada sobre à imprensa sua morte.
Comprtilhe no Google Plus

da Redação - Manaus/AM

0 comentários:

Postar um comentário