PUBLICIDADE

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Alessandra Campêlo destaca legalidade do cargo de líder do PMDB na Assembleia

Foto: Jimmy Christian
Num dos trechos de seu pronunciamento na sessão desta terça-feira, 8 de agosto, a deputada estadual Alessandra Campêlo (PMDB) destacou a legalidade da reunião extraordinária da Executiva Estadual que indicou seu nome para a liderança do partido na Assembleia Legislativa do Amazonas.
 
“O PMDB me apresenta como nova líder do partido na Assembleia num documento que tem validade sim, porque o presidente da Assembleia, que é um homem de partido, sabe que quem indica um líder partidário para a Assembleia é o partido”, explicou Alessandra.
 
A deputada rebateu na tribuna as críticas dos colegas de partido, Vicente Lopes e Wanderley Dallas, a quem chamou de “leviano” e “mentiroso”. Ela disse que ambos foram convidados à reunião da Executiva Estadual na semana passada, mas não compareceram porque estão jogando contra o próprio time. Para Alessandra, ambos são infiéis às decisões tomadas pelo PMDB e estão na verdade fazendo campanha para o candidato a governador pelo PDT, Amazonino Mendes. Esse é o real motivo do embate.
 
“O partido tomou essa decisão porque desde o primeiro turno vocês decidiram não apoiar o Eduardo Braga, que é o candidato do partido de vocês e foi escolhido numa convenção com mais de seis mil pessoas. Desde o início vocês apóiam o candidato do José Melo, que é o senhor Amazonino Mendes. Hoje eu entendo porque muitas eu estive sozinha no plenário criticando o governador cassado. Então está explicado”, rebateu Alessandra.
 
 
Entenda o caso
 
O anúncio de que Alessandra seria a nova líder do PMDB na Assembleia foi feito em ofício enviado ao presidente da Casa, deputado Abdala Fraxe (Podemos), na última terça-feira, 1 de agosto, e comunicado pela parlamentar durante a sessão de quinta-feira, 3. O cargo de vice-líder fica vago até posterior deliberação do partido, informou o secretário-geral do PMDB no Amazonas, Miguel Capobiango Neto.
 
Eleita com 25.361 votos no pleito de 2014, Alessandra é deputada de primeiro mandato e se transformou num dos principais nomes do partido no Estado. Na oposição, a parlamentar se notabilizou pelo combate à administração do governador cassado José Melo (Pros) e também pela defesa dos servidores públicos da Segurança, Saúde e Educação. Mulheres, pessoas idosas, produtores rurais, esporte, atletas e paratletas são algumas de suas bandeiras de luta na tribuna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário