Header Ads

Ex-secretário de Eduardo Paes é preso em braço da Lava Jato no Rio

(Foto: Reprodução / TV Globo / Arquivo)
Em nova ação da Lava Jato no Rio de Janeiro, a Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (3) a operação Rio 40 Graus e, pela primeira vez, chega à gestão do prefeito da capital fluminense Eduardo Paes (PMDB) com a prisão do ex-secretário municipal de Obras, Alexandre Pinto.
 
Conforme publicação do jornal O Globo, a ação foi autorizada pelo juiz Marcelo Bretas e cumpre 11 mandados de prisão no Rio, em Pernambuco e São Paulo. A investigação tem como base as delações de Luciana Salles Parente e Rodolfo Mantuano, ambos ex-executivos da Carioca Christiani-Nielsen Engenharia.
 
Os suspeitos são acusados de receber um total de R$ 35,51 milhões em propina decorrente das obras de um dos trechos do BRT Transcarioca, que liga o Aeroporto Galeão à Penha. Além da Carioca, fizeram parte do consórcio responsável pelas obras as empreiteiras OAS e Contern.
 
A operação de hoje tem como desdobramentos investigações da Calicute que levantam suspeitas de que o esquema faz parte da mesma organização criminosa liderada por políticos do PMDB no estado do Rio, ligados ao ex-governador Sérgio Cabral.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.