PUBLICIDADE

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Mais de dois mil assaltos já foram registrados no transporte coletivo

Entre os meses de janeiro e julho de 2017, as dez empresas que operam o transporte coletivo de Manaus registraram 2.171 assaltos. Os dados informados pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) mostram que apenas no mês de julho, foram registrados 356 assaltos, uma média de 11 por dia. O prejuízo já chega a quase R$ 610 mil reais.
 
O presidente do Sinetram, Carmine Furletti, destaca que em todas as ocorrências a polícia é informada e alguns casos são solucionados. Porém, ele acredita que a única maneira de reduzir esses crimes seria o pagamento da tarifa apenas com os cartões Passafácil. Tal prática já é realizada em outras capitais e ajudou a reduzir os crimes dentro dos ônibus.
 
“Temos que mudar essa forma de pagamento, caso contrário, vamos conviver para sempre com esse tipo de crime e arriscando a vida dos usuários e colaboradores. Já temos tecnologia para que o pagamento seja apenas com os cartões Passafácil. Esperamos implementar esse modelo o mais rápido possível e dar um basta nesses crimes”, garante Furletti.
 
Atualmente o Sinetram já possui mais de 130 postos de venda de créditos para os cartões Passafácil espalhados por todas as zonas da cidade. O usuário que quiser emitir o cartão cidadão deve se dirigir a um dos postos de atendimento do Sinetram localizados na sede do órgão ao lado do T1, no Terminal 3 ou no PAC Alvorada, e apresentar o RG e CPF. A emissão da primeira do cartão via é gratuita, a partir da segunda via o usuário paga uma taxa de R$ 15.

Nenhum comentário:

Postar um comentário