Header Ads

test

Ocorrências Policiais relacionadas a crimes eleitorais nos Municípios

RESULTADO PARCIAL ELEIÇÃO SUPLEMENTAR 2017 INTERIOR
 
 
ATÉ ÀS 14H20
 
UARINÍ - Uma prisão pelo crime de boca de urna.
 
Delegado João Batista Flores, interino da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, município distante 68 quilômetros em linha reta da capital, que coordena a operação Eleição 2017 em Uariní, município distante 565 quilômetros em linha reta da capital, informou que um homem foi detido na manhã deste domingo, por volta das 10h, na praça daquela cidade, em rente à Escola Estadual Edson Melo, onde estava acontecendo votação, cometendo crime de “Boca de Urna” com a distribuição, em via pública, de santinhos do candidato à eleição suplementar Amazonino Mendes (PDT).
 
 Ele foi levado para a 71ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Uariní, onde autor do delito assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e irá ficar detido até o encerramento da votação.
 
MANICORÉ - Uma detenção de uma pessoa ingerindo bebida alcoólica em via pública e uma outra pessoa por suspeita de transporte de eleitores.
 
No caso de Manicoré, município 332 quilômetros em linha reta da capital, o delegado Jardel Rodrigues de Oliveira, da 72ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), informou que abriu Inquérito Policial (IP) para apurar a suspeita de transporte ilegal de eleitores. A autoridade policial não informou mais detalhes sobra as circunstâncias da prisão, dizendo que ainda vai ouvir testemunhas e o infrator.
 
ATÉ ÀS 17H
 
URUCURITUBA – Flagrante de transporte ilegal de eleitores. O delegado Mário Sérgio Leite Melo, titula da 41ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Urucurituba, município distante 208 quilômetros em linha reta da capital, informou que uma embarcação foi apreendida no porto da daquela cidade na tarde deste domingo, por volta das 13h45, quando chegava de Manaus com aproximadamente 70 eleitores para votar em diversas zonas eleitores de Urucurituba. A autoridade policial informou que instaurou Inquérito Policial (IP) para investigar indícios de favorecimento do proprietário da embarcação com o candidato à eleição suplementar Eduardo Braga (PMDB). “No interior do barco foram apreendidos santinhos do candidato, lista passageiros e tickets de passagens. Todos prestarem depoimento e foram liberados, inclusive o dono da embarcação”, informou o delegado Mário Melo.
 
NHAMUNDÁ – Transporte ilegal de eleitores
 
Um homem foi preso pela Polícia Federal (PF) pelo crime de transporte ilegal de eleitores em embarcação. O infrator está sob custódia da 41ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Nhamundá, município distante 383 quilômetros em linha reta da capital.
 
MANACAPURU – Compra de votos
 
Um homem foi preso pela Polícia Federal (PF) pelo crime de compra de votos de eleitores. O infrator está sob custódia no Fórum de Justiça de Manacapuru, município distante 68 quilômetros em linha reta da capital.
 
OUTRAS OCORRÊNCIAS
 
BORBA – Flagrante de porte ilegal de arma de fogo
 
Um rapaz foi preso neste domingo, dia 6, por volta das 14h, depois que apontou uma arma de fogo para a proprietária de um imóvel que foi cobrar o pagamento do aluguel e da conta de energia elétrica atrasados do imóvel onde o infrator morava. A dona do local acionou a Polícia Militar por meio do serviço de emergia 190 e o rapaz foi preso em flagrante com a arma e munição.
 
GUAJARÁ.– Procedimentos policiais pelos crimes de perturbação da tranquilidade pública e roubo de R$ 100.

Nenhum comentário