Plano de Segurança para segundo turno das eleições terá 10 mil servidores no Amazonas

Cerca de dez mil servidores irão atuar no segundo turno das eleições suplementares neste domingo (27). O Plano Tático Integrado de Segurança permanece o mesmo aplicado no primeiro turno, quando não foram registradas ocorrências graves nos locais de interesse. 
 
A Operação envolve servidores dos órgãos do Sistema de Segurança Pública do Amazonas, Forças Armadas, além de órgãos federais, estaduais e municipais. O objetivo é coibir crimes eleitorais e manter a segurança e a ordem nos locais de votação na capital e em todos os municípios amazonenses.
 
O Plano é validado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), e coordenado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). “O Plano é o mesmo aplicado no primeiro turno das eleições suplementares, buscando contemplar ações para inibir propaganda eleitoral irregular, compra de votos, segurança de urnas e dos eleitores”, afirmou o secretário da SSP-AM, Sérgio Fontes.
 
Assim como no primeiro turno, serão utilizadas 284 câmeras para o monitoramento do pleito eleitoral, sendo 272 delas em Manaus e mais 12 em Presidente Figueiredo, tudo coordenado no Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas (CICC-AM). Nos demais municípios, o CICC atuará com o modelo de Célula Integrada de Coordenação Operacional (Cicop), que contará com representantes das Polícias Civil e Militar e do TRE-AM. 
 
A Polícia Militar empregará aproximadamente 2.300 policiais militares em todo o Amazonas. No interior, a PM atuará por meio do Comando de Policiamento do Interior (CPI) em todos os municípios, que contarão com o reforço de cerca de mil policiais enviados da capital, que se juntarão ao efetivo local das unidades operacionais.
 
A Polícia Civil reforçará o regime de plantão nas delegacias em Manaus e no interior do Estado, com o reforço de delegados, escrivãs e policiais civis.
 
Além do CICC, uma estrutura será montada na sede do TRE-AM, onde estarão representantes de cada instituição envolvidas na operação das eleições suplementares. Entre os órgãos que atuarão no dia das eleições, estão a SSP-AM, as Polícias Civil e Militar do Amazonas, Corpo de Bombeiros do Amazonas, Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), a Polícia Federal, Exército Brasileiro, Marinha do Brasil e Força Aérea Brasileira, Manaustrans, Conselhos Tutelares e demais órgãos estaduais e municipais.
 
Comprtilhe no Google Plus

da Redação - Manaus/AM

0 comentários:

Postar um comentário