Header Ads

Plano de Segurança para segundo turno das eleições terá 10 mil servidores no Amazonas

Cerca de dez mil servidores irão atuar no segundo turno das eleições suplementares neste domingo (27). O Plano Tático Integrado de Segurança permanece o mesmo aplicado no primeiro turno, quando não foram registradas ocorrências graves nos locais de interesse. 
 
A Operação envolve servidores dos órgãos do Sistema de Segurança Pública do Amazonas, Forças Armadas, além de órgãos federais, estaduais e municipais. O objetivo é coibir crimes eleitorais e manter a segurança e a ordem nos locais de votação na capital e em todos os municípios amazonenses.
 
O Plano é validado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), e coordenado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). “O Plano é o mesmo aplicado no primeiro turno das eleições suplementares, buscando contemplar ações para inibir propaganda eleitoral irregular, compra de votos, segurança de urnas e dos eleitores”, afirmou o secretário da SSP-AM, Sérgio Fontes.
 
Assim como no primeiro turno, serão utilizadas 284 câmeras para o monitoramento do pleito eleitoral, sendo 272 delas em Manaus e mais 12 em Presidente Figueiredo, tudo coordenado no Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas (CICC-AM). Nos demais municípios, o CICC atuará com o modelo de Célula Integrada de Coordenação Operacional (Cicop), que contará com representantes das Polícias Civil e Militar e do TRE-AM. 
 
A Polícia Militar empregará aproximadamente 2.300 policiais militares em todo o Amazonas. No interior, a PM atuará por meio do Comando de Policiamento do Interior (CPI) em todos os municípios, que contarão com o reforço de cerca de mil policiais enviados da capital, que se juntarão ao efetivo local das unidades operacionais.
 
A Polícia Civil reforçará o regime de plantão nas delegacias em Manaus e no interior do Estado, com o reforço de delegados, escrivãs e policiais civis.
 
Além do CICC, uma estrutura será montada na sede do TRE-AM, onde estarão representantes de cada instituição envolvidas na operação das eleições suplementares. Entre os órgãos que atuarão no dia das eleições, estão a SSP-AM, as Polícias Civil e Militar do Amazonas, Corpo de Bombeiros do Amazonas, Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), a Polícia Federal, Exército Brasileiro, Marinha do Brasil e Força Aérea Brasileira, Manaustrans, Conselhos Tutelares e demais órgãos estaduais e municipais.
 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.