PUBLICIDADE

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Técnico da Seleção Brasileira de Handebol Feminino ministra curso internacional em Manaus

O Amazonas passou a figurar em definitivo entre os melhores do handebol no Brasil e, agora, foca para se destacar País a fora. Por isso, recebe o Curso Internacional de Handebol, de 25 a 27 de agosto, na Vila Olímpica de Manaus, Dom Pedro. O evento será ministrado pelo medalhista olímpico de bronze com a seleção da Espanha, Jorge Dueñas, que é o atual técnico da seleção brasileira feminina. A ação recebe apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).
 
O Curso Internacional em Manaus pretende colocar as atletas da região em evidência e acontece na capital no turno matutino e vespertino. O evento terá abordagem teórica e prática, sendo destinado a treinadores e professores, e ainda promoverá uma avaliação com 21 atletas destaques do Campeonato Amazonense Feminino. Os trabalhos iniciam o ciclo olímpico 2017/2020.
 
“Esse curso será em quatro regiões e Manaus foi escolhida como a capital do Norte. Ele vai ministrar o curso teórico e prático e irá capacitar e passar o que vai ser esse ciclo olímpico. Além disso, o treinador vai analisar as meninas, o que é muito importante para a evolução do esporte. Acredito que pelo trabalho que está sendo feito na Liham (Liga de Handebol do Amazonas), com apoio da Sejel, cito aqui os quatro acampamentos de handebol, isso mostra que o Norte está sendo visto como um polo promissor pela Confederação Brasileira”, comentou o presidente da Liham, Auricélio Andrade.
 
Para o gestor, o legado de receber um treinador vitorioso e medalhista olímpico leva a crer que o Amazonas poderá ter em breve um representante do handebol nos Jogos Olímpicos.
 
“Estamos fazendo um trabalho bom, realizando atividades, e tivemos quatro acampamentos da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) que foi avaliado positivamente. O Norte está tendo essa oportunidade e estamos aproveitando. Temos atletas que possuem chances de vestir uma camisa da seleção e essa vinda do Jorge é essencial para isso ocorrer. Para isso, estamos destacando 21 atletas que disputam o Estadual para ele avaliar”, explicou Auricélio.
 
Ainda segundo o presidente, o Curso deve reunir treinadores e professores de todos os Estados da região Norte. “As federações de cada Estado já sabem do curso e vão comunicar os professores e treinadores. O curso é aberto e acredito que teremos os representantes de cada estado aqui, pois será muito enriquecedor. A vinda dessas delegações tambem fomenta o intercâmbio esportivo, agregando experiência a todos”, frisou.
 
O treinador
 
O espanhol Jorge Dueñas, de 54 anos, assumiu a seleção feminina de handebol depois da saída de Morten Soubak, em dezembro do ano passado. Experiente, Dueñas tem no currículo a medalha de bronze conquistada em Londres/2012, dirigindo a Espanha. Quatro anos antes, já havia levado as espanholas à prata no Europeu de 2008. N
 
"Treinar uma seleção como o Brasil é muito motivante. São campeãs mundiais e ficaram perto da medalha nos Jogos do Rio. O handebol no País continua tendo possibilidades de conquistar resultados muito expressivos. Claro que agora é um período de transição, mas vamos continuar na elite, brigando por medalhas. Esse momento de formar a equipe é muito importante e pode ser determinante", disse Jorge Dueñas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário