Header Ads

test

Venezuelanos amanhecem em fila para obter visto e entrar no Brasil

O agravamento da crise política na Venezuela após a votação da Assembleia Constituinte de Nicolás Maduro aumentou o movimento de venezuelanos na divisa com Roraima. Na sede da Polícia Federal em Pacaraima, cidade entre Brasil e Venezuela, centenas de estrangeiros formaram nesta segunda-feira (7), ainda pela madrugada, uma longa fila em busca de permissão para cruzar a fronteira.
 
Na fronteira com o Brasil os venezuelanos entram em Roraima após preencherem um visto de turismo que autoriza a entrada e permanência no país por até 60 dias. O documento é fornecido na sede da Polícia Federal.
 
Nesta segunda a fila começou a se formar ainda pela madrugada. Os primeiros chegaram às 4h para receberem atendimento apenas às 8h. Nas primeiras horas do dia foram distribuídas mais de 200 senhas para os estrangeiros. O procedimento ocorre diariamente.
 
Segundo moradores e pessoas que trabalham na fronteira, o movimento tem crescido na última semana e a fila tem se formado cada vez mais cedo.
Perfil dos Imigrantes
 
Conforme dados divulgados pela Polícia Federal em Roraima, a maioria dos venezuelanos que estão imigrando para Roraima são de Caracas, capital do país. Mais de 58% são do sexo masculino e jovens entre 22 e 25 anos. A maioria dos estrangeiros que vem para o estado são estudantes (17,93%), seguidos por engenheiros (6,21%), médicos (4,83%) e economistas (7,83%).
 
 
Fonte: G1

Nenhum comentário