Bunker do Geddel é marcado em mapa do Google


 Um usuário anônimo do Google Maps, serviço de mapas online do Google, marcou em Salvador a localização do prédio onde foi descoberto o chamado "bunker do Geddel". O local podia ser consultado por qualquer usuário da ferramenta até as 17h50 desta quarta-feira (13). O ponto permanece ativo e visível no mapa da cidade.
O "bunker" foi como ficou conhecido o apartamento atribuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) no bairro da Graça, região nobre da capital baiana. A Polícia Federal encontrou R$ 51 milhões em caixas e malas no local, na maior apreensão de dinheiro vivo da história do país, ocorrida no âmbito da operação Cui Bono. Geddel foi preso no último dia 8 e nega ser dono do dinheiro.
O local foi marcado pelo usuário "Zigmundo Trolão", que tem outras 132 marcações na ferramenta. A reportagem apurou que o autor é um usuário do Rio, que já fez outras postagens polêmicas no aplicativo.
OUTRAS MARCAÇÕES
Em junho deste ano, a marcação de uma boca de fumo no bairro da Glória, zona sul do Rio, causou grande repercussão nas redes sociais. O local de venda de drogas é descrito como um shopping center. Outras duas bocas de fumo também já foram marcadas.
O usuário se dedica também a comentar locais que tenham alguma ligação com o noticiário político do país. O spa Rituaali, em Itatiaia, na serra do Rio, foi marcado por ter sido o local escolhido pelo governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) para tratamento de saúde no meio da crise fiscal.
"Após receber um dos políticos mais corruptos do Brasil (Pezão), fica difícil simpatizar com o lugar. Enquanto servidores passam fome, o 'figura' está de pés para o ar", diz o usuário.
A sede do escritório da advogada Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, é descrito como local "especialistas em lavagem de dinheiro, fraude, corrupção e desvio de recurso público".
A sede da JBS em São Paulo, por exemplo, recebeu o comentário de "carne de papelão e corrupção". Os prédios públicos em Brasília também são alvo de Trolão. O Palácio do Jaburu é descrito como local atualmente "ocupado por bandidos". A Câmara dos Deputados é classificada como "lugar bonito, mas cheios de vermes parasitas de terno". O prédio do STF (Supremo Tribunal Federal) recebeu um recado com hostilidades ao ministro Gilmar Mendes.
As marcações são livres na ferramentas de mapas do Google. O usuário pode marcar um lugar, cuja descrição e localização passa por período de aprovação da própria empresa de tecnologia.

Comprtilhe no Google Plus

da Redação - Manaus/AM

0 comentários:

Postar um comentário