Header Ads

Delegação amazonense se prepara para ir aos Jogos Escolares da Juventude (JEJ)

Foto: Mauro Neto/Sejel
 Depois de quase quatro meses de disputa e muita dedicação, os vencedores dos Jogos Escolares do Amazonas (Jeas) se prepararam para enfrentar os Jogos Escolares da Juventude (JEJ), pela categoria infantil.  O embarque da delegação amazonense acontece na próxima terça-feira, dia 12, para Curitiba (PR), e conta com 180 pessoas, entre atletas e comissão técnica. Para ir ao torneio, o time baré recebe apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e Secretaria de Educação do Estado do Amazonas (Seduc).
 
Ao todo, a delegação amazonense vai disputar 12 modalidades, sendo: Natação, Judô, Badminton, Atletismo, Luta Olímpica, Ginástica Rítmica, Basquete, Tênis de Mesa, Xadrez, Vôlei, Handebol, e Futsal, nos naipes masculino e feminino. Além dos estudantes-atletas da Capital, a equipe ainda tem a participação de competidores do interior do Estado, vindos de Manacapuru, Parintins, Barreirinha, Iranduba, Silves, Humaitá e Maués.
 
Um das grandes novidades do Jeas este ano e que promete dar fruto no JEJ é o Judô. Em 40 anos do maior torneio interescolar do Amazonas, a edição de 2017 foi a primeira que a modalidade entrou na lista para disputas na capital e interior. E uma das classificadas para o evento em Curitiba foi Karen Letícia, de 13 anos, da Associação Budokan de Manacapuru.  Há três anos na arte, a faixa laranja conquistou este ano o Brasileiro Regional, em Belém, e agora pretende faturar para a coleção o título nacional dos Jogos Escolares, pela categoria 53Kg.
 
“Foi muito especial participar pela primeira vez do Jeas e vai ser ainda mais importante para a gente chegar no JEJ. É uma emoção muito grande sair do interior do Amazonas e ter novas possibilidades, poder levar o nome do nosso Estado, da minha escola, do meu mestre. De alguma forma, sei que estou representando muitos amigos que tambem sonham com a classificação para  competições como essa. Estou bem, treinando, e cada dia que passa vou me aperfeiçoando mais. Quero dar o meu melhor”, disparou a estudante da EE Jamil Seffair, moldada pelo sensei Paulista, fundador da Associação.
 
Pela Ginástica Rítmica, o Amazonas será representado pelas alunas Camila Vasconcelos, Virna Luiza Soares, Yasmin Kevelen e Diana Sampaio, as duas primeiras do Centro Educacional Adalberto Valle e as outras do Instituto Batista Ida Nelson. A responsável pela equipe de GR é a técnica Giula Pontes.
 
“Estamos intensificando cada vez mais os treinos, eu trabalho diretamente com a Virna e a Yasmim e todas as quatro apresentarão em equipe e no individual. Estamos muito confiantes e as meninas estão bem tanto fisicamente, quanto tecnicamente e psicologicamente. A gente vem de um Brasileiro e acredito que isso vai proporcionar ainda mais base para elas”, destacou Pontes.  
 
JEJ
 
A etapa do JEJ Infantil, para atletas de 12 a 14 anos,  será realizada entre os dias 12 e 21 de setembro. Porém, mesmo antes de começar, a competição já está batendo recordes importantes. Com as inscrições nominais encerradas, o maior evento esportivo estudantil do país alcançou números inéditos de participantes e escolas: 4.069 atletas, 525 técnicos e 169 dirigentes distribuídos em 1.396 escolas públicas e privadas de todo o país. Ao todo, o evento envolve quase  6 mil pessoas, contando árbitros, voluntários e o Comitê Organizador. 
 
“Estamos felizes de mais uma vez ter a oportunidade de levar nossos estudantes-atletas para o JEJ, uma inciativa muito importante do Governo do Amazonas. Acreditamos que a ação não só incentiva a prática esportiva e fomenta o gosto para o alto rendimento, como também, proporciona o enriquecimento cultural, social e o amadurecimento desses jovens, através das responsabilidades que são impostas pela competição. Vamos com uma boa delegação e a intenção é conquistar ainda mais resultados do que ano passado. Destaco, ainda, a participação do interior, que este ano está maravilhosa”, disse a coordenadora da delegação, Lilian Valente.
 
No ano passado, no mês de novembro, o Amazonas mostrou todo o seu potencial no JEJ, que ocorreu em João Pessoa, na Paraíba. Na época, a delegação faturou 16 medalhas, sendo cinco de ouro, cinco de prata e seis de bronze, ao somar as modalidades individuas e coletivas da categoria infantil.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.