Equipe da 36ª DIP de Rio Preto da Eva e PMs prendem quadrilha especializada em roubo de cargas e valores


A equipe de investigação da 36ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Rio Preto da Eva, município da Região Metropolitana de Manaus distante 57 quilômetros em linha reta, comandada pelo delegado José Ribamar Cempelo, titular da unidade polícia, em ação conjunta com a Polícia Militar daquela cidade, prendeu nesta quinta-feira, dia 31, Elivelton Arruda Pontes, Ivanildo Simões Ribeiro, William da Silva Ribeiro e Raurison Oliveira da Silva, integrantes de uma quadrilha especializada em roubo de valores e de cargas.

De acordo com a autoridade policial, o grupo estava sendo investigado desde início do ano e, nesta quinta-feira, dia 31, a equipe da 36ª DIP recebeu informações que a quadrilha encontrava-se em Rio Preto e que planejava roubar a renda da empresa Rio Negro, que abastece comércios e supermercados situados em Itacoatiara, município da Região Metropolitana distante 176 quilômetros da capital.

O delegado de Rio Preto da Eva informou que os homens foram presos em um veículo estacionado perto da ponte da entrada da cidade. Com eles os policiais civis e militares aprenderam duas armas de fogo calibre 38, munições e equipamentos, como furadeiras, pé-de-cabra, arcos de serras, fios elétricos, cordas e uma marreta, que seriam utilizadas em arrombamento do cofre de segurança da empresa que estava no caminhão.

“A quadrilha tinha conhecimento que o motorista do caminhão estaria retornando de Itacoatiara para Manaus com a renda da venda das mercadorias. Eles ficaram esperando o veículo na ponte, mas chegamos antes e conseguimos intercepta-los com apoio dos policiais militares do municípios”, explicou o delegado José Ribamar Campelo.

Os infratores foram levados para a 36ª DIP e autuados em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e munições, além de organização criminosa. A quadrilha vai ficar presa naquela unidade policial à disposição da Justiça.
Comprtilhe no Google Plus

da Redação - Manaus/AM

0 comentários:

Postar um comentário