Equipe do DRCO prende homem com 452 trouxinhas de drogas e pouco mais de R$ 3,5 mil

Foto: Erlon Rodrigues / Assessoria de Imprensa da PC-AM
 Antônio Alessandro Oliveira da Silva, 36, foi preso pela equipe de investigação do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) na manhã desta quarta-feira, dia 13, por volta das 11h, por tráfico de drogas. O flagrante ocorreu na casa onde o infrator morava, situada na Rua C-Sete, segunda etapa do bairro Japiim, zona Sul da capital. 
 
Conforme o delegado Guilherme Torres, diretor do DRCO, o infrator foi preso em decorrência de investigações anteriores, acerca  de uma organização criminosa especializada na prática de roubos e envolvida com o tráfico de drogas na cidade. Após apurações, a equipe se deslocou até o endereço supracitado, onde encontrou Antônio em posse de drogas.
 
“Depois de encontrarmos alguns entorpecentes na residência de Antônio, nos deslocamos à Rua 15 de Agosto, no bairro Jorge Teixeira, zona Leste, onde apreendemos o restante das drogas que ele guardava, totalizando 452 trouxinhas de substância entorpecentes, entre pasta base de cocaína, maconha e oxi; além de seis porções médias, sendo duas de maconha, duas de oxi, uma de pó branco e outra de pó amarelo.  Também apreendemos com ele R$ 3.560,00 em espécie, quatro celulares e uma balança de precisão”, explicou Torres.
 
A autoridade policial declarou que, durante depoimento na base do DRCO, nas dependências da Delegacia Geral, Antônio relatou que estava guardando o material ilícito para um traficante. Foi instaurado um Inquérito Policial (IP) em torno do caso. Guilherme Torres afirmou que os policiais civis darão continuidade às investigações, a fim de esclarecerem possível associação para o tráfico de drogas. 
 
No departamento Antônio foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, o infrator será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona Sul da capital.

Comprtilhe no Google Plus

da Redação - Manaus/AM

0 comentários:

Postar um comentário