Header Ads

Esportista britânica foi assassinada, esquartejada e jogada no Rio Solimões


Segundo a Polícia Civil do Amazonas, um menor que foi apreendido ontem, segunda-feira (18), em Codajás, é suspeito de ter assassinado e esquartejado a britânica Emma Kelty, de 43 anos, que estava desde a última quarta-feira (13), desaparecida no rio Solimões, no Amazonas.

Segundo a polícia, o menor teria confessado participação no crime com outras seis pessoas que são ‘barrigas d’água’, ou piratas do Amazonas. A vítima teria sido vítima de latrocínio – roubo e morte e teve a vida ceifada a tiros.

De acordo com a polícia, entre os objetos que o grupo teria roubado estão celular, tablet, dinheiro e uma câmera GoPro. As investigações apontam ainda que os criminosos teriam tentado vender os objetos no município de Lauro Sodré.

As buscas para tentar localizar o corpo da britânica estão sendo realizdas pela Marinha do Brasil e Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.