Header Ads

Governo investe em Feiras, gerando emprego e renda em Manaus


Produtores rurais e consumidores ganham Feira Climatizada com 700 metros quadrados no Shopping Via do Norte, na Avenida José Henriques Rodrigues, loteamento Nova Cidade, Bairro Monte das Oliveiras, na zona Norte de Manaus. Hortaliças, frutas, pães, queijos, peixes e outros produtos regionais estão á disposição. A venda é feita diretamente pelo produtor para o consumidor a preços mais atraentes sem a participação de atravessadores. A feira acontece todas as quintas-feiras, no horário das 16 às 20 horas.

A iniciativa é do Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Produção Rural do Estado do Amazonas (Sepror), da Agência  de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), do Fundo de Promoção Social (FPS) e do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal (Idam). Participam 50 produtores de municípios que compõem a Região Metropolitana de Manaus (RMM), como Itacoatiara, Iranduba e Manacapuru, entre outros.

A expectativa econômica é que cada produtor fature R$ 1 mil por edição da feira perfazendo o total de R$ 50 mil por semana, segundo Heitor Liberato, chefe do Departamento de Negócios Agropecuários e Pesqueiros da ADS.

O sistema Sepror em parceria com  demais órgãos fecha toda a cadeia produtiva desde o investimento, produção, técnica e comercialização. O
FPS inicia o ciclo com investimentos para o setor primário, o Idam dá o suporte de manejo e tecnológico e a ADS disponibiliza espaços comercias. “O agricultor não está acostumado a trazer seu produto para o Shopping. Isto é uma novidade no país. O agricultor traz direto seu produto e comercializa, sem o atravessador, barateando o preço. È um  produto limpo, um produto orgânico. O consumidor de Manaus está sendo privilegiado assim como o produtor”, avalia o secretário da Sepror, Dedei Lobo.

Geração de renda e emprego

Os produtores rurais dizem que a iniciativa é um propulsor da produção, escoamento e geração de renda e emprego.  É o caso do micro empresário Thales Caldeira que produz pães de queijo, biscoitos e bolos exclusivamente com produtos regionais. “A feira do Shopping aumentou a nossa renda em mais de 100% através dela foi possível contratar novas pessoas para trabalhar, hoje nós damos emprego para 13 pessoas”, disse.

Em Manaus, já ocorrem feiras no Shopping Ponta Negra, zona Oeste da capital, às quartas-feiras; e no Shopping Sumaúma, zona Norte, às terças-feiras. O resultado é positivo, a Feira no Shopping Ponta Negra, inaugurada em 5 de julho, faturou em seis edições R$ 227.461 comercializando 113 toneladas de produtos regionais de 80 produtores da agricultura familiar.

As Feiras de Produtos Regionais da ADS contabilizaram, no período de 29 de agosto a 3 de setembro, R$ 463.512 durante a primeira Feira de Agronegócios realizada em parceria com a Sepror e Universidade Nilton Lins.

As feiras acontecem semanalmente, quinzenalmente e mensalmente em espaços cedidos  também por parceiros como o Exército Brasileiro, a Aeronáutica, a Policia Militar e a Seduc, em sete zonas da capital e em 12 municípios.

Mais feiras serão abertas

Na gestão do governador David Almeida foram inauguradas as Feiras dos Shoppings Ponta Negra, Via do Norte e nos municípios de Beruri, Novo Airão,
Apuí e Manacapuru, entre outros. Mais cinco feiras serão abertas nos municípios de  Manicoré, Lábrea, Tefé, Tabatinga e Novo Aripuanã até o final deste mês de setembro.

No período de maio a agosto, cem dias de governo David Almeida, foram movimentados acima de R$ 4,7 milhões com a comercialização superior a 1 milhão de quilos de produtos regionais. O governo através do Fundo de Promoção Social (FPS)  investe na produção de produtos regionais através de recursos a projetos e materiais como expositores de peixes e uniformes, jalecos e bonés, entre outros.

(Foto: Bruno Zanardo/Secom)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.