Header Ads

Seo Services

Justiça condena JeF a pagar R$ 16 milhões a Funaro


O doleiro Lúcio Funaro venceu batalha contra a J&F na Justiça de SP. Segundo a coluna Painel, da Folha, o grupo foi condenado nesta semana a pagar R$ 16,2 milhões, além de juros de mora, ao delator. O doleiro alega que os irmãos Batista não quitaram todos os valores de um contrato de consultoria que firmaram com ele após a fusão dos frigoríficos JBS e Bertin.

Ainda segundo a publicação, a defesa dos empresários alegou que o trato era fictício e servia apenas para maquiar o repasse de propinas. O juiz Tiago Henriques Papaterra Limongi não engoliu. Ainda conforme a Painel, os advogados da J&F usaram as delações de Joesley Batista e Ricardo Saud na ação para sustentar o argumento de que o contrato com Funaro seria uma cortina de fumaça para o pagamento de vantagens ilícitas ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O juiz do caso não se mostrou convencido. Aliados do presidente Michel Temer acreditam que podem utilizar o impasse entre Funaro e a J&F para desacreditar as delações de ambos. Como há contradições e até disputas judiciais, os partidários do peemedebista acompanham com lupa qualquer movimento nos dois lados.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.