Header Ads

Prefeitura discute com sindicatos a data-base de servidores da Semsa

Foto: Karla Vieira
Representantes de sindicatos da área da saúde se reuniram na manhã de hoje, 29/9, no gabinete da Casa Civil, com o secretário-chefe da pasta, Arthur Bisneto, e com os secretários de Saúde, Marcelo Magaldi, e de Finanças, Lourival Praia, para tratar sobre o adiantamento do pagamento da data-base dos servidores de área de níveis médio e fundamental para outubro deste ano. Na ocasião, Bisneto retificou o reajuste em 4,57%, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de março de 2017, considerando a data base 1º de abril.

Bisneto explicou que outras categorias de servidores municipais estão pleiteando, formalmente, um reajuste de 10% no salário, o que tornou inviável garantir a antecipação na reunião desta sexta-feira.

“Nós vamos tentar adiantar o quanto antes. Vamos continuar estudando os meios, junto a Secretaria de Finanças,” afirmou o secretário.

“Nós queremos funcionários com um sorriso no rosto e sabemos que para que isso aconteça, as condições de trabalho e os salários têm que ser dignos. A meta do prefeito Arthur Virgílio Neto é dar dignidade a esses profissionais”, apontou o secretário-chefe da Casa Civil.

Durante o encontro, Bisneto voltou a assegurar que os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) vão receber, no próximo mês de outubro, o pagamento de uma das progressões na carreira, previstas no Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCS) vigente e em 2018 já está determinado que o pagamento seja feito em abril, que é o mês da data-base dos profissionais de saúde.

“A reunião foi proveitosa, conseguimos um canal de negociação com o secretário da Casa Civil, Arthur Bisneto. Ele não fechou as portas para a nossa proposta, que é adiantar o pagamento para o nível médio para outubro deste ano. A negociação continua. Saímos satisfeitos da reunião”, avaliou Elza Lúcia Gomes, do sindicato dos Cirurgiões Dentistas do AM (SINDCD-AM).

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.