Header Ads

Chapa Alckmin-Doria é vista com ironia por partidos aliados, diz colunista


É tratada com ironia em partidos que são potenciais aliados do PSDB, a ideia de uma chapa presidencial do PSDB puro sangue e paulista, com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, para presidente e o prefeito João Doria vice, já discutida a sério no Palácio dos Bandeirantes. As informações foram publicadas pela colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha.

Segundo a publicação, um dirigente do DEM diz que nem sequer uma chapa "suicida": antes de se matarem, os dois seriam interditados e internados.

Ainda de acordo com a coluna, a ideia, que não chega a entusiasmar o próprio Alckmin, prevê que o PSDB forme a chapa puro sangue e em troca apoie as candidaturas ao governo do DEM no Rio e na Bahia e do PSB em Pernambuco, no DF (Distrito Federal) e em SP. O DEM acha que, na verdade, os tucanos não têm outro caminho a seguir no Rio de Janeiro, onde estão sem candidato.

Em Pernambuco, detalha a colunista, a composição é mais difícil ainda: o DEM e o PSB disputam um contra o outro.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.