Header Ads

Seo Services

Comitê reforça a luta pela preservação do Tarumã-Açu


Poluição sonora e ambiental, extração de areia e pedra, grilagem, ocupações por flutuantes, estaleiros e indústrias. Esses são alguns dos fatores que ameaçam a bela paisagem e o meio ambiente na região do Tarumã (zona Oeste de Manaus), tratados durante reunião realizada na sexta-feira (29), na Assembleia Legislativa do Amazonas, pelo Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Tarumã-Açu.

Presidido pelo jornalista e ativista ambiental Sérgio Miranda, o Comitê fez um levantamento das irregularidades constatadas na bacia do Tarumã, e que foram debatidas com representantes do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Secretaria de Educação (Seduc), Comissão do Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, Faculdade Dom Bosco e Fundação Vitória Amazônica (FVA), presentes à reunião.

Presidente da Comissão do Meio Ambiente da Aleam, o deputado Luiz Castro (REDE) considerou grave a situação de depredação do Tarumã, e conclamou os participantes a apoiarem a luta que vem sendo travada por Sérgio Miranda e pelo Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Tarumã-Açu, em busca de soluções, a fim de que sejam preservados os poucos mananciais ainda não poluídos e a área verde da região.

Sérgio Miranda anunciou a adesão de novos membros que terão assento no Comitê, visando fortalecer parcerias na articulação de ações para solucionar as questões ambientais e sociais do Tarumã. Associações Comunitárias, Lar Fabiano de Cristo, Movimento Um Grito pela Vida e a Fundação Vitória Amazônica encamparam a luta pela preservação da vida na região.

Durante a reunião foi criado um Grupo de Trabalho formado por representantes da Comissão do Meio Ambiente da Aleam, da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), Embrapa, Incra e Ufam, que fará mudanças no regimento interno do Comitê, para que as ações sejam ampliadas com novas participações.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.