Header Ads

Seo Services

COREIA DO NORTE | Promovida, irmã de Kim Jong-un será mulher mais poderosa do país


Ela aparece com frequência ao lado de seu irmão e foi anunciada como "alta funcionária" do partido oficial.

Mas agora, Kim Yo-jong, a irmã mais nova do líder norte-coreano, está prestes a se tornar a mulher mais poderosa da Coreia do Norte.

No sábado, foi anunciado que Kim Jong-un decidiu promover sua irmã e que ela ocupará um cargo no politburo (mais alto órgão do executivo) do Partido dos Trabalhadores.

Desde 2014, Yo-jong, de 30 anos, foi responsável pela imagem pública de seu irmão e ocupou o influente cargo de vice-diretora do Departamento de Propaganda e Agitação.

Seu novo cargo foi anunciado por Kim Jong-un durante um discurso na reunião do Comitê Central do Partido dos Trabalhadores.

O correspondente da BBC, Danny Savage, ressalta que a promoção de Yo-jong será vista como uma nova evidência da consolidação da família Kim no poder da Coreia do Norte.

Yo-jong nasceu em 1987 e é a filha mais nova do ex-líder coreano Kim Jong-il e sua esposa, Ko Yong-hui, que também foi mãe de Jong-un e de seu irmão Jong-chol, de acordo com Michael Madden, especialista do site "web 38 North".

A jovem estudou com seu irmão Jong-un em Berna, na Suíça, de 1996 a 2000, e teria, de volta a seu país, estudado ciências da computação na Universidade Militar Kim Il-sung.

Dizem que ela é muito próxima de seu irmão, que é 4 anos mais velho. E há relatos não confirmados de que ela é casada com o filho de Choe Ryong-hae, membro poderoso do partido e de seu politburo.

Ela foi vista pela primeira vez em um evento público em setembro de 2010, durante o Congresso do Partido dos Trabalhadores, onde apareceu com seu pai.

Durante o funeral de Kim Jong-il, em dezembro de 2011, ela ganhou grande visibilidade quando compareceu ao lado de seu irmão e funcionários do partido durante as procissões fúnebres.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.