Header Ads

Prefeito sanciona Lei que cria o Junho Vermelho de estímulo à doação de sangue

Foto: Mário Oliveira/Semcom
O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, sancionou nesta segunda-feira, 30/10, a lei municipal que institui no calendário oficial do município o Junho Vermelho, que será dedicado à ações de conscientização para doação de sangue. Atualmente, de acordo com o Hemoam, são necessárias de 7 mil a 8 mil bolsas de 450 ml por mês para atender a demanda de hospitais, prontos-socorros e outras unidades de saúde e, embora existam aproximadamente 500 mil doadores cadastrados em todo Estado, a maior preocupação do banco de sangue é fazer com que as doações sejam mais frequentes. A Lei é de autoria do vereador Fred Mota.

“Foi uma decisão muito sábia do vereador Fred Mota e da Câmara em aprovar por unanimidade essa lei instituindo o Junho Vermelho, mês dedicado a necessidade de doadores fazerem a doação de sangue. Porque em algum momento isso rareia e muitas vidas ficam comprometidas, principalmente aqueles que precisam dos sangues RH negativos, que são mais raros de se encontrar. Isso vai fazer melhorar a nossa situação, resguardar vidas”, enfatizou Arthur Virgílio.

O autor da Lei, vereador Fred Mota, que estava presente na solenidade de assinatura, disse que sua principal motivação foi o fato de parentes terem necessitado de sangue e encontrado dificuldades. “Nós perdemos esses parentes, infelizmente. No Hemoam descobrimos que a partir de junho o estoque cai. Então esse é um mecanismo para melhorar os estoques. Uma bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas“, destacou.

O vereador também levou em consideração que a Organização Mundial de Saúde (OMS) estabeleceu o dia 14 de junho como o dia mundial do doador de sangue. Ainda de acordo com o Hemoam, as datas festivas e de feriados prolongados são as de maior dificuldade para a captação de sangue e também quando há aumento de demanda. De um lado porque com as festividades e feriados prolongados muita gente se ausenta da cidade e, de outro lado, porque aumentam os números de violência doméstica e de acidentes de trânsito por conta do aumento de consumo de bebida alcoolica.

De acordo com a Lei, a partir de 2018, no decorrer do mês de junho serão realizadas campanhas educativas em parcerias com as associações sem fins lucrativos, escolas, faculdades, e demais entidades que queiram participar da campanha solidaria.

“Nós devemos construir uma cidade solidária, uma sociedade que as pessoas vivam melhor e se preocupem com os outros. É um golpe no egoísmo”, afirmou o prefeito, destacando que, a exemplo das campanhas do Outubro Rosa e do Novembro Azul, quando são realizadas campanhas de combate ao Câncer de Mama e de Próstata, respectivamente, o Junho Vermelho também contará com ações do município para esclarecer, divulgar, quebrar preconceitos e atrair mais doações.


SOBRE A DOAÇÃO
Por que doar?Quando uma pessoa precisa de transfusão de sangue só pode contar com a solidariedade de quem doa.

Quem pode doar?Qualquer pessoa com boa saúde, com idade entre 18 a 69 anos e peso a partir de 50 quilos. Jovens de 16 e 17 anos podem doar com autorização formal do responsável ou representante legal.

Quem não pode doar?Não pode doar sangue a pessoa que: teve hepatite depois dos 10 anos de idade; tem comportamento sexual de risco; usa drogas; teve malária, recebeu transfusão sanguínea ou teve doenças sexualmente transmissíveis nos últimos 12 meses;
Teve febre nos últimos 30 dias.

Doar sangue é seguro?Sim. Todo material utilizado na doação de sangue é descartável e a coleta é feita por profissionais capacitados. Além disso, antes de doar, o candidato à doação passa por uma triagem clínica para verificação do seu estado de saúde.

O que fazer antes de doar sangue?É obrigatório apresentar documentos de identidade. Estar bem alimentado. O doador não pode estar em jejum. Após o almoço recomenda-se aguardar 2 horas até a doação. Dormir bem, no mínimo 6 horas, na noite anterior à doação.

Quem recebe o sangue doado?Pessoas que necessitam repor o sangue perdido em cirurgias, hemorragias ou acidentes. Além dessas, hás ainda aqueles que necessitam receber sangue regularmente, como é o caso dos inúmeros pacientes, incluindo crianças e adolescentes, que sofrem de câncer no sangue (leucemia e linfoma) e os portadores de anemias graves e hemofilia.

Onde doar?Para doar você pode ir até o Hemoam, localizado na avenida Constantino Nery, 4397, bairro Chapada (ao lado do Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques), de segunda à sábado das 7h30 às 18h.
Não esqueça de levar sua carteira de identidade.




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.