Header Ads

Seo Services

Procon Manaus fiscaliza estabelecimentos

Foto: Anne Caroline Guedes / Procon Manaus
Com o Dia das Crianças se aproximando, o aumento nas vendas de brinquedos é esperado, no entanto, é necessário verificar a qualidade e procedência do que é comercializado nos estabelecimentos. Com esse objetivo, nesta quinta-feira, 5/10, o Procon Municipal iniciou a Operação Brinquedo, que fiscalizou estabelecimentos comercias em Manaus.

O objetivo da ação é verificar pontos importantes em relação ao cumprimento do Código de Defesa do Consumidor (CDC), como afixação de preço nos produtos, exposição clara e objetiva da forma de pagamento e informações obrigatórias nas embalagens dos brinquedos, como faixa etária, certificado do Inmetro, instruções de uso e identificação fiscal do fabricante ou fornecedor. Além disso, será verificado se cada estabelecimento possui o exemplar do CDC e se o número do Procon está exposto de forma visível.

“Com a proximidade do Dia das Crianças, a tendência é o aumento do movimento no comércio da cidade. A ação do Procon busca fiscalizar e garantir que todos os direitos dos consumidores sejam respeitados. Hoje (quinta-feira) e amanhã (sexta-feira) vamos visitar vários pontos comerciais e orientar consumidores e comerciantes sobre seus direitos e deveres”, afirmou o Diretor da Ouvidoria e Proteção ao Consumidor Manaus, Renato Oliveira.

O autônomo, José Bonifácio, 63, avaliou de forma positiva a Prefeitura e o Procon pela fiscalização “Acredito que seja um trabalho muito bom, pois é uma questão de prevenção e ter esse diálogo com o consumidor e o lojista é bom, muitas vezes compramos os produtos sem saber o perigo que é oferecido” disse.

Para atuar de forma ainda mais eficaz, o Procon precisa contar com a colaboração da população. Para qualquer tipo de denúncia, os consumidores podem entrar em contato com o Procon Municipal pelo telefone 0800 092 0111 ou WhatsApp 98856-3331.

O órgão está localizado na rua Afonso Pena, 38, Praça 14 de Janeiro, Zona Sul e o atendimento é realizado das 8h às 17h.

Dicas
A primeira orientação é para que antes de comprar um brinquedo, pesquisar preço, forma de pagamento e taxas de juros cuidadosamente. Existe muita variação de um estabelecimento para outro. O consumidor não deve se deixar enganar com as ilustrações estampadas na embalagem. Deve ler todas as informações sobre o brinquedo, inclusive o manual de instruções, que deve vir em português para facilitar a compreensão.

Ao efetuar a compra, os pais devem exigir sempre a nota, cupom fiscal ou tíquete de caixa. Deve também ser observada a política de troca do estabelecimento.

Neste caso, o Procon orienta para que o consumidor solicite e faça constar esse direito na nota fiscal.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.