Header Ads

Rodrigo Maia alerta Temer de risco de derrota em votações até de MPs


Não está fácil para Michel Temer. Mesmo tendo uma vitória tímida na Câmara dos Deputados, na votação da segunda denúncia por corrupção passiva e obstrução de Justiça, o presidente Temer terá muita dificuldade com a base aliada no Congresso. O alerta foi feito pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Segundo Maia, o governo corre o risco de perder até em votações de medidas provisórias. Segundo o colunista Gerson Camarotti, Maia tem dito de forma clara que é um erro o governo pensar que o placar da vitória na quarta-feira (25) reflete a força do governo.

O presidente da Câmara tem defendido uma reforma ministerial que contemple o novo mapa de forças políticas que resultou da votação da segunda denúncia. E chegou a falar para integrantes do núcleo do Palácio do Planalto que seria um grande erro deixar para março de 2018 a reforma ministerial.

O demista defende uma mudança imediata no primeiro escalão do governo para agregar os verdadeiros aliados e diminuir insatisfações.

Para Maia, o governo pode se surpreender já na votação da medida provisória do ajuste fiscal. Ele até sugeriu ao governo enviar todas as matérias do pacote de ajuste fiscal por meio de projeto de lei. Mas a equipe econômica resiste.




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.