Header Ads

Seo Services

VISA Manaus capacita empresários e manipuladores de alimentos para evento de gastronomia

Foto: Divulgação/Semsa
Empresários e manipuladores do ramo de alimentos que vão participar do festival gastronômico Chef Urbano a ser realizado nos dias 6, 7 e 8/10, no estacionamento da Universidade Nilton Lins, no Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul, participaram de uma capacitação nesta quarta-feira, 4/10, no auditório da Casa Militar da Prefeitura de Manaus, sobre boas práticas no preparo de alimentos, realizada por uma equipe da Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).
 
A capacitação é parte de um projeto de monitoramento sanitário iniciado PELA Prefeitura de Manaus, por meio da Semsa, no 61° Festival Folclórico do Amazonas, em agosto deste ano. “A experiência adquirida neste projeto piloto gerou dados positivos para melhoria dos processos de inspeção da vigilância sanitária, padronizando um olhar técnico menos desigual pelos fiscais para este tipo de evento, além de promover uma maior aproximação entre os trabalhadores desse ramo e a VISA Manaus”, ressalta o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.
 
No treinamento, foram passadas orientações específicas sobre a infraestrutura do local de trabalho; cuidados com a higienização das mãos; qualidade da matéria-prima; manutenção da comida em temperaturas adequadas de conservação e proteção efetiva dos alimentos contra pragas e poeira, que são preocupações básicas sobre a segurança dos alimentos vendidos nos eventos de rua.
 
O projeto prevê, além da capacitação, inspeções orientativas nos locais de venda, sensibilização da população para o consumo de alimento seguro e o monitoramento, que pode gerar a perda dos produtos que estiverem sendo comercializados caso não estejam sendo observadas as boas práticas.
 
A fiscal de saúde Luciana Don explica que, quando um restaurante decide colocar uma barraca na rua, ele tem menos estrutura para trabalhar e mais dificuldades para manter a higiene dos alimentos, o que tem levado os empresários a buscarem orientações da VISA Manaus para reduzir os agravos à saúde da população. “As empresas vêm buscar essa parceria porque aqui terão todas as informações necessárias. Eles sabem que serão fiscalizados, com a diferença de já estarem alertados para o que vai ser fiscalizado. Na capacitação eles esclarecem dúvidas, adquirem novos conhecimentos, aprimoram técnicas e assim podem oferecer produtos de qualidade para as pessoas que comprarem em suas barracas”, assegura Luciana.
 
Para o festival gastronômico, a VISA Manaus vai disponibilizar 18 fiscais de saúde que vão monitorar as atividades de 28 barracas, seis food trucks e seis food bikes com aplicação de um “check-list”, além da orientação da população por folhetos educativos.
 
O empresário Marcelo Almeida, da organização do festival, que já está na oitava edição, contou que uma das maiores preocupações é quanto à segurança e qualidade dos alimentos que são oferecidos. “Queremos que as pessoas que saem de suas casas para visitar o festival, tenham a segurança que estarão bem, que não correrão riscos de terem que ir para um hospital pelo consumo de alimento que por ter manipulado ou acondicionado incorretamente, tenha estragado”, salienta Marcelo.
 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.