Header Ads

Cmei Wilson Mota Reis é finalista em prêmio nacional de Educação Financeira


Manaus mais uma vez alcança destaque nacional na área financeira. Depois de ser considerada a capital que mais atendeu às exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal em 2016, segundo a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), agora a cidade está entre as finalistas da 6ª edição do Prêmio Nacional de Educação Fiscal, na categoria “Escolas e Instituições”.

O feito é resultado do projeto “Pequeno Cidadão, Educação Fiscal na Educação Infantil: aprendendo a reconhecer a função dos tributos”, desenvolvido pelo Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Wilson Mota Reis, localizado no bairro Redenção, zona Centro-Oeste. A premiação final acontecerá no dia 29/11, em Brasília (DF).

Essa é a segunda vez que a unidade é finalista no prêmio, a primeira aconteceu em 2015. A premiação tem por intuito valorizar e promover ações que envolvam matérias específicas de Educação Fiscal, além de incentivar mecanismos de aprendizagem, permitir que o cidadão acompanhe a aplicação dos recursos públicos, além de ter condições de lidar com as próprias finanças de forma saudável e equilibrada.

O projeto surgiu após o corpo discente da escola perceber que pais dos alunos precisavam de orientações sobre o tema, que envolve as crianças e a comunidade ao redor. Foi, então, que veio a ideia de ensinar aos filhos que, por sua vez, ensinariam aos pais.

A pedagoga da unidade, Raíssa Brito, ressalta que os reconhecimentos nacionais são resultados da Política de Valorização da Educação, implementada pela Prefeitura de Manaus, na gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto. “É um trabalho em equipe, a administração municipal nos dá as condições necessárias e nós, professores, nos dedicamos muito e trabalhamos em conjunto para que tudo dê certo. Ficamos felizes em sermos reconhecidos e de ver os resultados nas crianças que, mesmo tão pequenas, já conseguem entender e assimilar os ensinamentos”, afirma.

Educação Fiscal
O projeto “Pequeno Cidadão, Educação Fiscal na Educação Infantil: aprendendo a reconhecer a função dos tributos” existe na escola desde 2011 e, além das duas participações no Prêmio de Educação Fiscal, também foi agraciado com o prêmio Professor Inovador, dado pela Comissão de Educação (Comed), da Câmara Municipal de Manaus.

O trabalho é desenvolvido com os alunos de 4 e 5 anos, durante todo o ano letivo, e dividido em 3 etapas: primeiro os estudantes aprendem sobre tributos, depois são ensinados sobre a conservação do patrimônio e, para finalizar, aprendem como o dinheiro pode ser aplicado e poupado.

A responsável pelo projeto é a professora Virgínia Santos, que está na escola desde a implementação da proposta. Ela menciona o sentimento de ver a escola sendo premiada. “A escola recebeu a notícia com grande alegria. É bom ter o trabalho reconhecido. Recebemos, inclusive, pessoas de fora que vêm assistir à apresentação que fazemos todos os anos, para finalizar os trabalhos e mostrar o que nossos alunos realmente aprenderam”, finaliza.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.