Header Ads

Delegado que matou advogado é exonerado do cargo de confiança na Polícia Civil


O delegado Gustavo de Castro Sotero, que assassinou a tiros o advogado Wilson Justo filho, foi exonerado do cargo de confiança de delegado titular do 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), pelo governador do Estado, em exercício, e secretário de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM), Bosco Saraiva. O decreto foi assinado ontem, terça-feira (28) e publicado no mesmo dia.

Sotero, que tem o salário de R$ 17.406,25, perderá a comissão de R$ 4 mil. O policial está preso em uma cela do alojamento do Grupo Força Especial de Assalto e Resgate (Fera), localizado na Delegacia Geral, no bairro Dom Pedro.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.