Header Ads

Equipe do 3° DIP prende homem por tráfico de drogas e receptação qualificada

Foto: Erlon Rodrigues / Assessoria de Imprensa da PC-AM
Na tarde desta quarta-feira, dia 1º de novembro, o delegado Marcelo Martins, titular do 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), falou durante coletiva de imprensa realizada às 14h30, no prédio da unidade policial, sobre a prisão em flagrante de William Lima de Oliveira, 20, por tráfico de drogas e receptação qualificada. O jovem foi preso durante ação conjunta envolvendo a equipe de investigação do 3º DIP e policiais militares da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), deflagrada na tarde de terça-feira, dia 31 de outubro, por volta das 16h30, na Rua Lambari, bairro Petrópolis, zona Sul da capital.

De acordo com a autoridade policial, a investigação em torno do caso teve início após o recebimento de denúncia anônima, por meio do número 190, o disque-denúncia da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), informando que William e um comparsa dele, identificado como Diego Soares, estavam comercializando entorpecentes. Na delação também foi informado que televisores estavam sendo transportados para dentro da residência de Diego, localizada na Rua Lambari. Em ato contínuo, as equipes policiais se dirigiram até o local indicado para constatar a veracidade das informações.

Segundo o titular do 3° DIP, o comparsa de William empreendeu fuga do imóvel ao notar a presença dos policias. William foi localizado no quarto da residência. “Durante revista no lugar, foram apreendidas duas pedras grandes de oxi, um cordão e uma medalha dourados, sete televisores, um aparelho de som, e uma motocicleta registrada em nome de Diego”, ressaltou.

No local também foi apreendido um veículo da montadora Renault, modelo Logan, de cor prata e placas AZB-9456, pertencente a uma locadora de veículos. “Verificamos que o carro estava alugado desde novembro de 2016 para uma pessoa cujo o nome não pode ser divulgado para não atrapalhar as investigações. O automóvel foi encontrado em frente à casa de Diego e, segundo as denúncias, o veículo era utilizado para transportar os objetos roubados”, complementou Marcelo Martins.

Conforme Martins, Diego foi liberado do sistema penitenciário há 11 dias, onde cumpria pena por receptação. O infrator é aposentado por invalidez pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e recebe uma aposentadoria no valor de um salário mínimo. O delegado destacou, ainda, que Diego ostenta um estilo de vida incompatível para uma pessoa que não trabalha e que vive de uma aposentadoria.

Em termo de declaração, William informou que é amigo de Diego e que não sabe nada sobre procedência dos objetos apreendidos. Ele foi atuado em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e receptação qualificada. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, o transgressor será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona Sul da capital.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.