Header Ads

Equipes do Denarc, Seai e DPM apreendem 31 kg de skunk avaliados em R$ 50 mil


Sob o comando do delegado Paulo Mavignier, diretor do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), as equipes de investigação do departamento, com o apoio de servidores da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai) da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e policiais civis do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), apreenderam na noite da última quarta-feira, dia 1º de novembro, por volta das 19h, 31 quilos de maconha do tipo skunk, avaliados em R$ 50 mil. A apreensão ocorreu em um porto privado, situado na Rua Padre Agostinho Martin, bairro Compensa, zona Oeste da capital.

De acordo com o delegado Paulo Mavignier, os policiais civis estavam investigando há dez dias uma informação repassada por meio do número: (92) 99415-0129, o disque-denúncia do departamento. A delação informava que uma certa quantidade de droga seria transportada escondida dentro de um veículo de cor branca. A denúncia relatava, ainda, que o carro seria embarcado em uma balsa com destino a cidade de Belém, no Pará, mas que o destino final das drogas seria a cidade de Fortaleza, capital do Ceará.

“Na última quarta-feira, recebemos informações de que a droga estaria pronta para o embarque em um dos portos do bairro Compensa. Por volta das 19h, localizamos o veículo, modelo Fiat Uno de cor branca, em um caminhão cegonha, já dentro da balsa, momento que realizamos a abordagem. Durante revista no veículo, apreendemos 31 quilos de maconha tipo skunk, avaliados em R$ 50 mil. As substâncias entorpecentes estavam escondidas no porta-luvas e em fundos falsos nas quatro portas do veículo”, explicou Mavignier.

O diretor do Denarc ressaltou, ainda, que ninguém foi preso no momento da ação, mas os autores do delito já foram identificados. “As diligências continuam, com o objetivo de localizar e prender os envolvidos na prática ilícita”, declarou o delegado Paulo Mavignier.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.