Header Ads

Estudantes da rede estadual representam o Amazonas nos Estados Unidos no Programa Jovem Embaixador


Os estudantes Lucas Bacelar, Nathan Carvalho e Fernanda Gabriele, todos da rede pública estadual de ensino, são os representantes do Amazonas no Programa Jovem Embaixador 2018 e viajam para Washington em janeiro. Depois de uma disputa duríssima, com 1.065 candidatos inscritos, os vencedores comemoram a qualificação e estão ansiosos para viajar aos Estados Unidos da América (EUA). O intercâmbio começa dia 9 de janeiro e vai até 4 de fevereiro de 2018. Durante esse período, eles irão aprimorar a Língua Inglesa e conhecer a cultura dos EUA.

Os Jovens Embaixadores foram recebidos pelo secretário de Estado de Educação e Qualidade do Ensino, professor José Augusto, na sede da SEDUC. O titular da pasta parabenizou os alunos e exaltou a importância da parceria. “Programas dessa natureza serão cada vez mais priorizados na Gestão do Governador Amazonino Mendes, pois contribui na formação dos nossos jovens e qualifica, ainda mais, as futuras lideranças do Estado”, destacou o secretário.

Na avaliação dos três alunos, o programa é uma oportunidade ímpar na vida para aprimorar, não só a segunda língua, mas também as relações sociais e a visão de mundo. “Estou muito feliz pela oportunidade de viajar para os EUA representando o Amazonas e o Brasil. Essa responsabilidade é grande, porém muito gratificante. Agradeço ao Governo do Amazonas e à Embaixada pela chance”, ressaltou a aluna Fernanda Gabriele, da Escola Estadual Waldock Frick Lira (Colégio Militar da Polícia Militar 3). O aluno da Escola Estadual Eliana de Freitas CMPM 6), Lucas Bacelar, também disse estar muito animado com a experiência internacional que se aproxima. “Agradeço a todos que proporcionaram essa viagem para nós e vamos representar com orgulho nosso estado e o Brasil”, afirmou. Para o aluno da Escola Estadual Senador João Bosco Ramos de Lima, Nathan Carvalho, esses programas são um incentivo a mais para os alunos. “As iniciativas do Governo em firmar parcerias dessa natureza demonstram a prioridade com a Educação e, dessa forma, o Estado só tende a se fortalecer”, elogiou o estudante.

PROJETO DE SUCESSO

A Embaixada dos Estados Unidos divulgou o resultado final, com a lista dos 50 estudantes selecionados, no dia 31 de outubro. O programa contempla pelo menos um representante de cada estado brasileiro. O anúncio foi feito pelo Canal Futura após uma entrevista com o cônsul geral dos EUA no Rio de Janeiro James Story e três jovens participantes de edições anteriores do programa.

O Programa Jovens Embaixadores, intercâmbio estudantil de três semanas nos EUA, seleciona jovens da rede pública brasileira, de 15 a 18 anos, que são exemplos em suas comunidades em virtude de sua capacidade de liderança, excelência acadêmica e conhecimento da língua inglesa.

Desde 2003, 522 jovens brasileiros já participaram do programa, que tem como parceiros o Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED), as Secretarias Estaduais de Educação, a rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos, além das empresas FedEx, MSD, Microsoft, Bradesco, IBM e Boeing Brasil. O Programa Jovens Embaixadores é hoje realizado em todos os países do continente americano conta, ainda, com um programa inverso para jovens norte-americanos representarem os EUA na América Latina.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.