Header Ads

Garotinho e Cabral devem se encontrar no banho de sol


Exatamente às 8h desta quinta-feira (23), quando as grades das nove celas forem abertas para o banho de sol, o mais poderoso grupo que controlou a política fluminense por duas últimas décadas estará no apertado corredor da Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica. Segundo O Globo, até as 18h, quando os presos são recolhidos de volta às celas, a conversa vai ser longa.

Estarão lado a lado os ex-governadores Sérgio Cabral e Anthony Garotinho inimigos políticos declarados; o presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Jorge Picciani; e os deputados Edson Albertassi e Paulo Melo. Também está preso em Benfica o ex-secretário de Saúde Sérgio Cortes, figura muito lembrada nos últimos anos por Garotinho nas suas denúncias em redes sociais.

Ainda conforme a publicação, no início da noite de quarta-feira, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) revelou que, por determinação da Justiça de Campos, a ex-governador Rosinha Garotinho estava sendo transferida para o Rio. Como a Cadeia Pública José Frederico Marques passou a ser usada como a porta de entrada dos presos que ingressam no sistema penitenciário do Rio, é possível que Rosinha amanheça nesta quinta-feira na prisão de Benfica, ao lado do marido, antes de ser levada para outra penitenciária do estado. No caso, o presídio feminino Nelson Hungria, em Bangu. Se isso acontecer, será a primeira vez na História do país: três ex-governadores numa prisão.

A cadeia Benfica tem quatro andares. Tirando o primeiro, no térreo, em cada piso existem nove celas com capacidade para seis presos cada. São três beliches espalhados num espaço de seis metros quadrados. Há um pequeno banheiro protegido por uma fina parede com chuveiro, uma pia e um vaso sanitário. O banho é frio. São levados para o presídio os presos da Lava-Jato, quem tem nível superior e casos excepcionais. Existe um andar para os presos da triagem (que estão de passagem), como Rosinha.

Garotinho só foi levado para Benfica por determinação judicial. Ao ser preso na Zona Sul, um delegado federal decidiu levar o ex-governador para o Corpo de Bombeiros do Humaitá. O juiz eleitoral de Campos, Ralph Machado Junior, estranhou e determinou a transferência para o presídio. Por ordem judicial, Garotinho deverá ficar em cela isolada e sob proteção dos agentes.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.