Header Ads

Padre Mauro Cleto recebe o Título de Cidadão do Amazonas

Foto: Marcelo Araújo
O padre Mauro Cleto Ferreira da Costa, cearense, radicado em Manaus há mais de 20 anos, agora é cidadão amazonense. O título foi concedido na manhã desta terça-feira (28), por meio de propositura do deputado estadual Serafim Corrêa (PSB), durante cerimônia na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Serafim abriu a cerimônia, falando da integração do padre Mauro em todas as comunidades pelas quais passou. "Ele percorreu os mais diversos bairros de Manaus, entre eles o Morro da Liberdade. Passou pelo Alvorada, Nossa Senhora das Graças e atualmente está na Paróquia dos Remédios, no Centro, onde continua realizando um ótimo trabalho. O padre Mauro conversa com as pessoas, gosta de saber sobre os dramas de cada um, justamente para prestar ajuda. O projeto dessa homenagem foi aprovado por unanimidade. Todos os deputados foram favoráveis. Meus cumprimentos ao padre, ao Dom Sérgio Castrianni, nosso Arcebispo e parabéns mais uma vez para essa figura, o mais novo amazonense, que se doa tanto aos nossos irmãos", disse Serafim.

Padre Mauro Cleto recebeu o título das mãos dos deputados Serafim Corrêa e David Almeida, presidente da Casa. Em seu discurso, o padre agradeceu a homenagem e o dom da vida. “Agora sou um caboclo legítimo. É bom estar aqui. Viajar e voltar para Manaus é maravilhoso. O amazonense deveria ter orgulho de ser daqui", disse ele, declarando seu amor ao Amazonas. "Serafim, já se vão quase 20 anos de amizade, que começou bem antes de você ser eleito prefeito. Muito obrigada por esse título. Estou muito emocionado". Em seu discurso, falou da infância difícil, do apoio da família e da paixão pelos estudos. "Quando saí do sítio onde vivia para morar na cidade, enfrentei o preconceito por ser pequeno. Venci isso com inteligência. Estudei muito e sempre era o primeiro da turma. A minha fé, eu aprendi com a minha mãe. E essa fé me trouxe até aqui. Muito obrigada", concluiu.

O título
O Título de Cidadão do Amazonas foi criado pela resolução número 71, de 10/12/1977 e é concedido pela Assembleia Legislativa do Amazonas. Tem como objetivo de preservar, reconhecer e estimular pessoas virtuosas que servem ao interesse coletivo, a quem de forma direta ou não, prestem ou tenham prestado relevantes serviços ao povo do Amazonas.




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.