Header Ads

PF vê elo entre bunker e repasses da JBS a Geddel

Foto: Gilberto Júnior/BNews
A Polícia Federal encontrou um elo entre os supostos repasses de propina do grupo J&F e o bunker dos R$ 51 milhões atribuído a Geddel Vieira Lima (PMDB) e a seu irmão, Lúcio Vieira Lima (PMDB).

Em documento que associa os peemedebistas a crimes de associação criminosa e lavagem de dinheiro, a PF cita que o doleiro Lúciuo Funaro, operador do PMDB, chegou a reconhecer, em fotos dos maços encontrados em um apartamento em Salvador, a marca de um banco ligado à holding.

“Lúcio Funaro informou que os valores envoltos em ligas, com um pedaço de papel onde havia impresso o valor constante do maço de dinheiro, era exatamente como retirava o dinheiro dos seus doleiros e repassava para Geddel”, afirmou a PF no relatório.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.