Header Ads

Prefeitura de Manaus abre Semana Global de Empreendedorismo (SGE)

Foto: Altemar Alcântara / Semcom
A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad) e seus parceiros, abriu nesta segunda-feira, 13/11, a Semana Global de Empreendedorismo (SGE). O evento, que tem como um dos objetivos incentivar empreendedores locais a gerar renda e empregos, foi realizado no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam).

A SGE é um movimento global que acredita na causa do empreendedorismo como motor para o desenvolvimento econômico-social, e que busca promover melhorias no ambiente empreendedor brasileiro. Esta foi a primeira vez que um órgão público realizou o evento.

“É um evento que acontece em mais de 180 países para inspirar o empreendedorismo e, pela primeira vez, teve o protagonismo da Prefeitura de Manaus enquanto parceiro. É uma determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto, para que as secretarias, de forma transversal, e a Semtrad lidera esse movimento, apoiassem, otimizassem e desburocratizassem cada vez mais o ambiente empreendedor”, ressaltou a secretária da Semtrad, Ananda Carvalho, ao frisar que o setor público deve ser um facilitador e um apoiador do empreendedorismo, tendo em vista a geração de emprego e renda para Manaus.

O primeiro dia do evento, que vai até o dia 19, contou com as palestras do diretor da Targo Consultoria e Escola de Atendimento, Carlos Oshiro, que falou sobre “Como empreender com seu nome nas redes sociais”; a especialista em Gestão Estratégica de Negócio e gerente do CEP Pequeno Franco do Senac, Ellen Castro, com a palestra “Perfil e comportamento empreendedor”; e o fundador da empresa Mult Móveis e estrategista empresarial Joselito Evangelista, que abordou o tema “É hora de empreender: vença a crise superando seus limites”, além do empresário Ulisses Tapajós, com a palestra “Empreender sempre: da juventude à aposentadoria”.

“A economia sofre mudanças em um ritmo muito acelerado, o tempo hoje é da economia disruptiva, economia que quebra paradigmas, é a economia do Uber, do Whatsapp, do Airbnb, e assim sucessivamente. Maneira que esse evento da SGE vai trabalhar com os jovens amazonenses todas essas vertentes, todo esse conceito de tal sorte que eles possam se preparar”, destacou o empresário Ulisses Tapajós.

Trabalhando o empreendedorismo nas bases das escolas, a empreendedora social Nayara Cruz também aprovou o evento, que movimenta o cenário local de empreendedorismo. “Quando a cidade gera renda as pessoas vivem melhor. Iniciativas como essas são importantes para lembrar que, apesar das dificuldades, da crise e de todo cenário político e econômico, é possível sim você ter qualidade de vida, trabalhar, gerar renda e gerar emprego na nossa cidade”, contou Nayara.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.