Header Ads

Sinetram registra todas as operações do Passafácil e coíbe falhas

Foto: Raimundo Valentim/Semcom
O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) registra no sistema o histórico das operações realizadas pelos usuários do transporte coletivo, que pagam a tarifa com os cartões Passafácil. O usuário que se sentir prejudicado, pode se dirigir ao Sinetram e se for verificado que houve erro, o mesmo será ressarcido. É importante ressaltar que, oficialmente, até o momento, não foram registrados problemas no sistema.

“O sistema tem o histórico da operação de todos os passageiros. Então, pelo número do cartão, podemos verificar o que aconteceu e se houve o desconto a mais da tarifa. Caso seja comprovado o erro, o usuário será ressarcido”, destaca o presidente do Sinetram, Carmine Furletti.

Para fazer a verificação das operações, o usuário deve ter em mão o número do cartão que possivelmente houve o erro. Qualquer outra dúvida pode ser sanada através da central de atendimento do Sinetram, no número 2123-0700. Ela funciona de segunda a sexta, de 7h às 19h.

O Sinetram informa, ainda, que a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) autorizou o novo modelo de recarga. Antes de o mesmo entrar em vigor, a Dataprom (empresa responsável pelo gerenciamento do sistema) passou 90 dias fazendo testes e não detectou nenhum tipo de falha. Esse modelo de pagamento, através de crédito em dinheiro no cartão, já é utilizado na maioria das capitais brasileiras.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.